19 de abr de 2015

JOANINO MESTRE APOLÔNIO SAI DO HOSPITAL E PASSA BEM

Apolônio Melônio, o Mestre do Bumba-boi do bairro da Floresta, em São Luís, saiu do hospital na manhã deste sábado (18 de abril). Ele passou 15 dias internado no Socorrão II, na Cidade Operária, após a fratura do fêmur direito, em acidente doméstico, dentro de casa. A companheira dele, Nadir Olga Cruz, informou que o veterano Mestre do Bumba Boi, que tem 96 anos de idade, passa bem. Apolônio nasceu no dia 23 de julho de 1918, no povoado Canarana, município de São João Batista.
Natural de São João Batista, Mestre Apolônio
Filho de Claudina e Lourenço Justino, desde menino apaixonou-se pelo bumba-meu-boi. Começou a trabalhar com 12 anos, plantando roça e produzindo farinha. Seu primeiro contato com a brincadeira deu-se em sua terra: Antônio Faustino, por promessa, “botou boi”, mandando buscar na cidade de Matinha o cantador Genésio. Não demorou muito, fundou o Ramalhete, grupo composto com outros meninos como ele.
Chegou em São Luís em 139. Trabalhou na Prefeitura, em varias “quintas” de verduras, como ajudante de pedreiro e admitido na Estiva Marítima, foi estivador, chefe de turma e capataz, aposentando-se em 1972. Seu primeiro grupo de bumba-meu-boi em São Luís foi o que ele próprio comandou, a convite de Chico Canguçu, e reunia o pessoal de município de Viana: Lourencinho, Otacílio, Zé Morais, Baixinho, Isaías, Jerônimo, Sabino, Satiro, Diomar, Luís Pinto e outros mais.
Em seguida, junto com o irmão Antônio, no bairro da Floresta, fundou o bumba-meu-boi Turma de São João Batista, que lidera até hoje. Na década de 80, criou o Tambor de Crioula Prazer de São Benedito. Os dois grupos já se apresentaram em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Maceió, Teresina e no Festival Mundial de Teatro de marionetes, em Chalerville-Mezières, na França.
Folha de SJB
O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário