30 de ago de 2014

LUTO EM SJB: ZÉ DE FÉLIX E SUA ESPOSA MORREM NO MESMO DIA

O Portal Folha de SJB lamenta informar que acaba de falecer em São Luis a mãe dos professores Batista Azevedo e Jerry Lauro. Hoje pela manhã o site já tinha informado que o pai deles, Zé de Félix, morreu e agora voltar a noticiar mais uma perda para a família, que é o falecimento da dona Laura Duarte Azevedo, de 81 anos.
De acordo com as informações de familiares, Laura Duarte Azevedo estava internada a meses em São Luis e veio a falecer ainda pouco num hospital da capital. Ao Portal Folha de SJB, o professor e blogueiro Batista disse que ela estava em coma induzido e que veio a falecer a poucos instantes.
Só hoje, 30 de agosto, os professores Batista Azevedo e Jerry Lauro, perderam seu pai e sua mãe. Ambos, um de 83 e a outra de 81 anos, deixam suas famílias com profunda comoção do povo de São João Batista. Os dois corpos estão sendo transportados para nossa cidade, onde serão velados e enterrados.
ZÉ DE FÉLIX
De acordo com as informações passadas, Zé de Félix morreu hoje por volta das 8 horas em São Luis, onde estava internado. Ao conversar com Batista Azevedo, o titular do blog que o corpo estará vindo para a cidade de São João Batista será velado e enterrado.
José Ribamar Azevedo foi vereador por três vezes em nossa cidade, sendo que no ultimo mandato seu, ficou como suplente, mais assumiu o mandato após o titular pedir licença. Aos 83 anos, Zé de Félix passava por graves problemas de saúde e não resistiu, vindo a falecer hoje pela manhã.
Mais informações a qualquer momento.
Folha de SJB

28 de ago de 2014

ELEIÇÕES 2014: URNAS CHEGAM AO CARTÓRIO ELEITORAL DE SÃO JOÃO BATISTA

A 63ª Zona Eleitoral de São João Batista recebeu nesta semana as urnas eletrônicas para as eleições de outubro. Mais de 80 aparelhos estarão disponíveis para funcionarem durante o processo eleitoral deste ano. Somente em São João Batista serão 84 urnas que ficarão disponibilizadas à população para o dia de votação (5 de outubro), e serão fixadas em diversos colégios da cidade, inclusive na zona rural.
Ao lado esquerdo, urnas que coletarão votos em outubro
“As máquinas precisarão passar por testes, por isso de unidades a mais que o número de seções, e certificar que estarão funcionando para o dia da votação. Os procedimentos de preparação das urnas serão checados um a um”, comenta o chefe do Cartório Eleitoral Amarildo de Melo.
O chefe de cartório disse ainda que os mesários terão treinamentos a partir de setembro. Nestas eleições, as urnas ainda receberam um recipiente mais forte para serem transportadas a lugares de difícil acesso, como a Região dos Campos, um dos lugares mais distantes da sede da nossa cidade.
TRABALHE NAS ELEIÇÕES
Ele também informou que estão abertas as inscrições para técnicos de urnas. Ao todo, serão 02 pessoas escolhidas pelo Grupo Atlantica para trabalhar nas eleições de outubro em São João Batista. O processo de inscrição e as informações estão disponíveis em http://grupoatlantica.com.br/curriculotre.php ou clique AQUI .
Folha de SJB

25 de ago de 2014

25 DE AGOSTO: 04 ANOS DO DESAPARECIMENTO DA JOVEM KAROL

Karol: desaparecimento ainda desafia a polícia
Um dos casos que chocaram a população de São João Batista e do estado foi o desaparecimento da jovem Karollayne Costa Azevedo, mais conhecida como Karol. Ela desapareceu no dia 25 de agosto de 2010 e até agora ninguém sabe nada do seu desaparecimento. Hoje, 25 de agosto de 2014, fazem 04 anos do desaparecimento da jovem e a família disse que não sabe de nada.
Em conversa recente com o Portal Folha de SJB, Ana Célia, mãe da jovem, disse que até agora nãos sabe de nada e que todas as vezes que vai à São Luis, a polícia não diz nada. O casou chocou a população de São João Batista, que até agora não sabe exatamente como foi o ocorrido. Ana Célia cobra explicações sobre o caso que virou notícia no estado inteiro e até agora ninguém sabe de nada.
Segundo levantamentos preliminares, ela foi vista pela ultima vez sozinha, caminhando próximo ao um colégio, aqui em São João Batista, por volta de 01h30 da madrugada do dia seguinte ao seu desaparecimento. Segundo coletou a Equipe de Reportagem deste blog, a mãe, Ana Célia Madeira Costa, esteve em São Luis na semana passada.
Segundo informações preliminares, a justiça a chamou para dar novas informações, mas a fonte, que deu a informação, nos pediu sigilo. Até hoje, o caso Karol ainda não foi solucionado e divide opiniões entre os joaninos. O que mais preocupa a família é o fato dela tomar três tipos de remédios controlados por apresentar distúrbio mental e sofrer de ataques convulsivos.
Os remédios diminuem e controlam suas crises, teriam informado familiares.Qualquer informações sobre o paradeiro de Karolainny pode ser informado de forma anônima ao Disque Denúncia através dos telefones 3223 5800 (capital) e 0300 313 5800 (interior).
Karolainny Costa Azevedo , 13 anos , brasileira, natural de São João Batista/MA, nascida em 19/12/1996, é filha de Carlos Augusto Cutrim Azevedo e Ana Célia Madeira Costa, residente na Rua do Campo de Bola, s/n, Bairro Centro, São João Batista/MA .

24 de ago de 2014

COMEÇA O TRADICIONAL FESTEJO DE ‘SÃO RAIMUNDO’ NO POVOADO BEIRADA

Começou ontem, 23 de agosto, no povoado Beirada, São João Batista, o Festejo de São Raimundo Nonato. A tradicional comemoração já tem mais de 10 anos, e é organizado pela União de Moradores do Povoado Beirada, presidida pela professora Raimundinha e tem apoio dos líderes comunitários Jailson Mendes e Dijeco.
O santo é considerado uns dos mais tradicionais da região da Baixada Maranhense e do estado do Maranhão, por reunir milhares de pessoas dos mais diferentes lugares. Os festejos acontecem entre os dias 23 a 31 de agosto, com a celebração de uma missa no dia 27, a ser ministrada pelo padre Valmir.
Ontem a tarde teve o hasteamento do mastro com a participação de mais de 100 fiéis. Todas as noites acontecerão recitação do terço às 18 horas e novenas às 19 horas na sede da União de Moradores do Povoado Beirada. Participe…
Folha de SJB

18 de ago de 2014

DIA DA ESPERANÇA É MARCADO POR OFICINAS E APRESENTAÇÕES TEATRAIS NA BAIXADA MARANHENSE




O Dia da Esperança, realizado neste último sábado, foi marcado por oficinas e apresentações teatrais. Diversos municípios, entre eles São João Batista, São Vicente, Matinha, Olinda Nova, São Bento, Arari, Cajari, Viana e Palmeirândia, se reuniram na cidade de Olinda Nova do Maranhão para comemorar o Dia da Esperança, organizado pelo Instituto Baixada, e com apoio do Projeto ‘Criança Esperança’, através do projeto ‘Auscultando nossa voz, apoiando nossa arte’.
Lá estiveram presentes diversos jovens da Baixada Maranhense. Da cidade de São João Batista participaram quase 20 jovens, entre eles o secretário de juventude e coordenador do Fórum da Juventude, Fernando Santos, e o presidente do Conselho Municipal de Juventude, Jailson Mendes, além da diretoria do Instituto Baixada. A abertura foi realizada pela presidente, Lozangela Mendes, e por Roberta Abreu, que também integra o Instituto Formação, parceiro na ação.
Logo após oficinas de Animação, Teatro, Música, Esporte e Dança animaram a manhã. A tarde  o Festival de Futebol de Rua foi organizado na praça central da cidade e a noite terminou com as apresentações teatrais. Destaque para a a peça ‘Batuques’, da cidade de São João Batista, comandada pela Cia. Artes e Raízes do Fórum da Juventude. Confiram as imagens…
Folha de SJB

POLÍCIA PRENDE ACUSADO DE ASSASSINAR MULHER EM SÃO JOÃO BATISTA

Angela Ferreira / Foto: Josyelson Figueiredo
A Polícia Militar de São João Batista informou ao Portal Folha de SJB que já prendeu o acusado de matar uma mulher identificada como Angêla Ferreira. O crime aconteceu ontem, 17 de agosto, por volta das 21 horas no povoado Campinas, depois do ‘Bar Buraco da Gia’. O crime chocou a população, que clama por seguranças das autoridades e vê, a cada dia, a insegurança aumentar.
De acordo com as informações confirmadas, a Polícia Militar das cidades de São João Batista, Viana, São Vicente Ferrer, Matinha e Olinda Nova do Maranhão prenderam o acusado Edvaldo Serra Mendes, na cidade de Olinda Nova do Maranhão, no povoado Gameleira. A prisão aconteceu por volta das 12 horas de ontem e ele foi levado para a Regional de Viana, onde permanece a disposição da justiça.
O acusado, que também mantinha um relacionamento amoroso com a vítima, confessou o crime e contou que ele assassinou Angela Ferreira com um canivete. À polícia, ele contou que ela estava vindo de um bar no povoado Raposa e a encontrou no ‘Bar de Joãozinho’, já no centro de São João Batista. De lá, ele a convidou para sair com ele numa moto e nas proximidades do ‘Bar Buraco da Gia’, ele a assassinou com um canivete, após uma grande luta corporal.
Segundo informou a direção do Hospital Municipal, o corpo foi levado para o povoado Cafuzal, onde mora o pai dela. Os 4 filhos, frutos do seu primeiro relacionamento, moram no povoado Beirada com a avó, de nome Maria Helena. O velório está sendo realizado no povoado Cafuzal e o enterro deve ser ainda hoje.
Corpo chegando ao hospital ontem
Folha de SJB

16 de ago de 2014

COMJUV DISCUTE REGIMENTO INTERNO E CAPACITAÇÃO PARA CONSELHEIROS

O Conselho Municipal de Juventude de São João Batista (Comjuv) se reuniu ontem, 15 de agosto, pela primeira vez depois da posse dos membros efetivos e suplentes. O encontro aconteceu na sede do Fórum da Juventude e teve como objetivo discutir a proposta de Regimento Interno e a capacitação de seus membros.
Conselheiros durante a posse
Comandada pelo presidente do conselho, Jailson Mendes, os conselheiros começaram a discutir a proposta de regimento, que a lei de criação do Conselho de Juventude prevê. Entre os pontos importantes do regimento está fixação das reuniões ordinárias e extraordiárias e regulamentação dos objetivos do órgão fiscalizador das políticas públicas para a juventude de São João Batista.
Após isso, os conselheiros discutiram as datas possíveis da capacitação, que ficara marcadas para o início de setembro, faltando ainda ser confirmada com a Secretaria de Estado do Juventude, que será a responsável pela capacitação, e com a Prefeitura Municipal, que por sua vez será responsável pelos recursos usados durante a capacitação. Uma nova reunião está marcada para acontecer no dia 22 deste mês.
Folha de SJB

12 de ago de 2014

SERVIÇOS DE SONDAGEM E TOPOGRAFIA DOS DIQUES DA BAIXADA COMEÇAM ESTE MÊS

Os trabalhos de levantamento de campo na área onde serão executadas as obras dos Diques da Baixada Maranhense deverão iniciar na segunda quinzena deste mês. A obra foi uma das principais pautas da reunião que aconteceu no fim da semana, entre o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima), Cláudio Azevedo, o superintendente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), João Martins, e os gestores da Codevasf do Piauí e de Brasília, que apresentaram o relatório de consolidação do empreendimento.

A obra dos Diques da Baixada Maranhense prevê a construção de 71,2 quilômetros de dique, compreendendo uma área de 1.478 km2, abrangendo os municípios de Viana, Matinha, São João Batista, São Vicente Férrer, Cajapió, São Bento e Bacurituba.

Os diques visam à proteção das áreas mais baixas contra a intrusão salina, proveniente das oscilações de maré, assim como a contenção e armazenamento de água doce originária da estação chuvosa nos campos naturais, retardando o seu escoamento para o mar, mas sem alterar as cotas máximas naturais de inundação.

“Essa é uma obra muito importante, porque além de preservar o meio ambiente, evitando a salinização das águas da baixada, possibilitará o aumento de renda da população por meio de projetos de piscicultura, rizicultura e outras atividades agrícolas que serão possíveis com a retenção da água proporcionada pelo dique”, avaliou Cláudio Azevedo.

Os levantamentos de campo incluem topografia, cadastro físico, jurídico e socioeconômico e ensaios de laboratório (geotecnia), que são estudos básicos, necessários e imprescindíveis para a elaboração do Anteprojeto de Engenharia dos Diques da Baixada Maranhense. “Devido ao período de chuvas que assolam a região e deixam a área submersa, só foi permitido fazermos uma visita técnica ao local no mês de julho, quando a equipe da empresa vencedora do certame, nós da Codevasf e um técnico da Sagrima fomos até a área”, explicou o superintendente do órgão federal, João Martins.



Licitação

No mês de setembro de 2013 foi realizada a licitação para a elaboração do anteprojeto dos Diques da Baixada Maranhense. Em 22 de outubro do mesmo ano foi considerado vencedor o consórcio formado pelas empresas Engeplus Engenharia e Consultoria Ltda e a Proenge Engenharia e Projetos Ltda.

A previsão é de que em dezembro deste ano seja feita a licitação do projeto executivo para a execução da obra, orçada em cerca de R$ 100 milhões.

O secretário Cláudio Azevedo informou que quando as obras dos diques forem iniciadas, será possível ter de duas a quatro frentes de trabalho executando os serviços simultaneamente nas extremidades da área beneficiada pelo projeto e também no centro da mesma. “O Iterma [Instituto de Colonização e Terras do Maranhão] já realizou todo o levantamento fundiário da área onde serão construídos os diques”, acrescentou Cláudio Azevedo.

A Sagrima também realizou as audiências públicas - necessárias para o licenciamento ambiental da obra - nos municípios de Viana, São João Batista e Cajapió.

Também participaram da reunião, que aconteceu na sede da Codevasf do Maranhão, o diretor da Área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Codevasf de Brasília, Sérgio Coelho; o secretário executivo da diretoria, Luiz Augusto Costa Fernandes; o gerente de Infraestrutura da superintendência da Codevasf no Maranhão, Julimar Alves; e o analista de Desenvolvimento Regional da Superintendência da Codevasf do Piauí, Francélio Pereira.

Os técnicos e diretores da Codevasf ainda realizaram, no fim de semana, um sobrevoo na região de implantação dos diques.

11 de ago de 2014

JOANINOS PARTICIPAM DO III FESTIVAL DE TEATRO E DANÇA DA BAIXADA MARANHENSE

Dezenas de jovens de São João Batista participaram do III Festival de Teatro e Dança da Baixada Maranhense, realizado na cidade de Matinha, entre os dias 08 e 09 deste mês. O intercâmbio foi coordenado pelo Fórum da Juventude da nossa cidade e pelos Institutos Baixada e Formação, que levou 25 jovens da nossa cidade e convidou mais os jovens da Companhia de Dança SJB. O III Festival de Teatro e Dança foi a culminância a primeira etapa do Projeto Auscultando Nossa Voz, Apoiando Nossa Arte, onde foi compartilhado com o público os resultados do processo formativo dos jovens ao longo dos seis meses do Programa e Formação em Teatro e Dança.
Assim como os demais festivais, este não teve caráter competitivo, mas sim formativo e de disseminação, resgate e valorização da cultura negra da Baixada. Além dos espetáculos produzidos pelos jovens durante as formações, o Festival contou ainda com oficinas para a comunidade, rodas de diálogo sobre o projeto e a importância da cultura negra; apresentações de espetáculos das companhias de teatro e dança dos Fóruns da Juventude; apresentações culturais locais como tambor de crioula, capoeira, divino espirito santo, bumba meu boi, entre outras manifestações culturais que fazem parte da cultura negra da Baixada Maranhense e da história do seu povo.
Destaque para a apresentação da Cia. ‘Artes e Raízes’, do Fórum da Juventude de São João Batista, que apresentou a peça ‘Batuque’ na cidade de Matinha.  Participaram do Festival cerca de 250 pessoas entre crianças, adolescentes, jovens pais e profissionais das cidades de Arari, Cajari, Viana, Matinha, Olinda Nova, São João Batista, São Vicente Ferrer, São Bento e Palmeirandia, além dos convidados de organizações parceiras de dentro e fora do estado. No final do evento, a Cia de Dança SJB apresentou um espetáculo de dança de ritmos.
Folha de SJB

10 de ago de 2014

GUARDAS MUNICIPAIS DE SÃO JOÃO BATISTA ESCOLHERÃO LÍDER NO PRÓXIMO DIA 27

A Guarda Municipal de São João Batista fará eleição para escolher um novo líder para comandar o grupo. Ao todo, a cidade tem 14 guardas municipais concursados e que passaram por um treinamento do Comando Geral do Corpo de Bombeiros do Maranhão. A eleição está sendo coordenada pela promotora Maria do Nascimento Carvalho, representante do Ministério Público do Estado, que decidiu pela eleição após uma reunião com os guardas.
Guardas municipais durante treinamento com Corpo de Bombeiros
O pleito está marcado para acontecer no próximo dia 27 de agosto, a partir das 9 horas da manhã, na sede da Promotoria de Justiça. Foram inscritas duas chapas para a liderança, uma comandada pelo guarda Adeilson José Everton Costa, tendo como vice Mario, e a outra é encabeçada por Diageu Araujo da Silva, que tem como candidato a vice Wellington Pinto, mais conhecido como Netão.
A eleição será um ponto de partida para a regulamentação do Estatuto Geral das Guardas Municipais, aprovado no Senado Federal e está aguardando sanção presidencial. A lei vai nstituir normas gerais para as guardas municipais, disciplinando o § 8º do art. 144 da Constituição Federal; dispõe que incumbe às guardas municipais, instituições de caráter civil, uniformizadas e armadas conforme previsto em lei, a função de proteção municipal preventiva, ressalvadas as competências da União, dos Estados e do Distrito Federal; define os princípios mínimos de atuação das guardas municipais; dispõe que é competência geral das guardas municipais a proteção dos bens, serviços, logradouros públicos municipais e instalações do Município; define as competências específicas das guardas municipais, respeitadas as competências dos órgãos federais e estaduais; determina que o Município pode criar, por lei, sua guarda municipal e que a guarda municipal é subordinada ao chefe do Poder Executivo municipal.
A lei determina ainda o limite de efetivo das guardas municipais; municípios limítrofes podem, mediante consórcio público, utilizar, reciprocamente, os serviços da guarda municipal de maneira compartilhada; a guarda municipal é formada por servidores públicos integrantes de Carreira única e plano de cargos e salários, conforme disposto em lei municipal; define quais são os requisitos básicos para investidura em cargo público na guarda municipal; o exercício das atribuições dos cargos da guarda municipal requer capacitação específica, com matriz curricular compatível com suas atividades; dispõe que o funcionamento das guardas municipais será acompanhado por órgãos próprios, permanentes, autônomos e com atribuições de fiscalização e diversas outras normas.
A proposta que cria o Estatuto Geral das Guardas Municipais, oriundo do Projeto de Lei Complementar 1.332/2003, da Câmara dos Deputados, e aprovado pelo Senado em julho deste ano aguarda a sanção da presidente Dilma Rousseff. A matéria é cercada de controvérsias, já que se opõe a alguns artigos da Constituição Federal. Durante a tramitação no Congresso Federal, os deputados e senadores inseriram dispositivos que conferem às guardas o poder de polícia ostensiva, atribuindo a ela funções dos órgãos de segurança pública. A eleição será realizada no próximo dia 27 deste mês.

8 de ago de 2014

SEBRAE FORTALECE IMPLANTAÇÃO DA LEI GERAL DAS MICROS E PEQUENAS EMPRESAS EM SJB E OUTROS MUNICÍPIOS

Na busca de acompanhar o processo de implementação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa nos municípios da Baixada Maranhense, o Sebrae Maranhão, através de sua unidade regional em Pinheiro, promoveu uma série de visitas técnicas aos gestores municipais – e suas equipes – de São Vicente Férrer, Santa Helena, Cururupu, Olinda Nova, Serrano e São João Batista, no período de 29 de julho a 1º de agosto. 

A equipe técnica, formada pela gerente da regional, Rosa Amélia Borges; a consultora, Regina Lopes; e o Agente de Desenvolvimento Local, Otoniel Ribeiro, buscou tirar dúvidas das equipes dos governos municipais visitados e apresentou as vantagens e benefícios da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa para as economias locais – desde a desburocratização para abrir uma empresa até o aumento da arrecadação municipal e o fortalecimento das economias local e regional.

Os municípios visitados já aprovaram e regulamentaram a versão municipal da Lei Geral e estão no processo de implementação do dispositivo legal, realizando a estruturação física de suas Salas do Empreendedor, organizando seus setores de licitação e compras governamentais, bem como municípios que expressaram a necessidade de capacitação de novos Agentes de Desenvolvimento Local. Dos 24 municípios da Baixada Maranhense, sete tiveram suas versões da Lei Geral implementadas e 16 regulamentadas, sendo que mais dois municípios deverão concluir a implementação da Lei até o fim do ano.

A Lei Geral da Micro e Empresa

A lei complementar federal nº 123/2006 foi instituída em 14 de dezembro de 2006 com o objetivo de regulamentar o tratamento diferenciado e favorecido às microempresas e às empresas de pequeno porte do país. O dispositivo instituiu o regime tributário específico para o segmento, com redução da carga de impostos e simplificação dos processos de cálculo e recolhimento, que é o Simples Nacional.

A lei também prevê benefícios para as pequenas empresas em diversos aspectos do dia-a-dia, como a simplificação e desburocratização de processos e as facilidades para acesso ao mercado, ao crédito e a justiça, além do estímulo à inovação e à exportação. Com informações do Blog do Vandoval.


Folha de SJB

6 de ago de 2014

JOVENS DE SÃO JOÃO BATISTA APRESENTARÃO PEÇA TEATRAL NO III FESTIVAL DE TEATRO E DANÇA EM MATINHA

O III Festival de Teatro e Dança será a culminância a primeira etapa do Projeto Auscultando Nossa Voz, Apoiando Nossa Arte, onde serão compartilhando com o público os resultados do processo formativo dos jovens ao longo dos seis meses do Programa e Formação em Teatro e Dança. Nos dias 08 e 09 de agosto na cidade de Matinha serão apresentados a comunidade os espetáculos que foram produzidos a partir da pesquisa de campo realizada pelos jovens em cada cidade.
Ensaio realizado hoje
Assim como os demais festivais, este não terá caráter competitivo, mas sim formativo e de disseminação, resgate e valorização da cultura negra da Baixada. Além dos espetáculos produzidos pelos jovens durante as formações, o Festival contará ainda com oficinas para a comunidade, rodas de diálogo sobre o projeto e a importância da cultura negra; apresentações de espetáculos das companhias de teatro e dança dos Fóruns da Juventude; apresentações culturais locais como tambor de crioula, capoeira, divino espirito santo, bumba meu boi, entre outras manifestações culturais que fazem parte da cultura negra da Baixada Maranhense e da história do seu povo.
Ensaio hoje
 Objetivos do festival: Mostrar os espetáculos como resultados práticos do Programa de formação em Teatro e Dança do Projeto “Auscultando Nossa Voz, Apoiando nossa Arte”; Fortalecer as companhias de teatro e dança, valorizando a produção local; Resgatar e valorizar a cultura negra da região da Baixada Maranhense e Possibilitar a comunidade o acesso à cultura e ao lazer. Participarão do Festival 250 pessoas entre crianças, adolescentes, jovens pais e profissionais das cidades de Arari, Cajari, Viana, Matinha, Olinda Nova, São João Batista, São Vicente Ferrer, São Bento e Palmeirandia, além dos convidados de organizações parceiras de dentro e fora do estado.
 Jovens da Companhia de Teatro de São João Batista, “Artes e Raízes”, estarão apresentando a peça “Batuque”, inspirado em numa pesquisa realizada desde o começo do projeto comandado aqui na nossa cidade, pelo Fórum da Juventude, Instituto Baixada e Instituto Formação, com apoio da Prefeitura Municipal. Serão 16 atores jovens que estarão envolvidos. O Projeto Auscultando Nossa Voz, Apoiando Nossa Arte é desenvolvido pelo Instituto Baixada e os Fóruns da Juventude das cidades de Arari, Cajari, Viana, Matinha, Olinda Nova do Maranhão, São João Batista, São Vicente Ferrer, São Bento e Palmeirandia e apoio do Criança Esperança.
PROGRAMAÇÃO
1º Dia: 08/08/2014 (sexta feira)2º Dia: 09/08/2014 (sábado)
ManhãManhã
Chegada das delegações e recepção.
Espaço: Fórum da Juventude (Telecentro).
07h00 ás 08h00 – café da manhã
Espaço: Instituto Educacional Alberto Silva Costa – IEASC
08h00 – Cortejo Artístico. Roteiro:IEASC, Rua José Sarney, Agostinho Oliveira, Juarez Silva Costa, Afonso Matos. Av. Major Heráclito e Colônia dos Pescadores.
9h00 – Roda de Diálogo: A importância da Cultura Negra para a construção da cultura maranhense e baixadeira e Relato de experiências dos monitores sobre as pesquisas realizadas.
Espaço: Colônia dos Pescadores.
10h30min as 11h00 – Plenária
12h00 – Almoço
Espaço: Instituto Educacional Alberto Silva Costa – IEASC
12h00 – Almoço
Espaço: Instituto Educacional Alberto Silva Costa – IEASC.
TardeTarde
14h00 – Credenciamento.
Espaço: Colônia dos Pescadores.
14h00 – Ensaios e preparação das Companhias de Teatro e Danças. Espaço: Escola Prof. Joaquim Inácio Serra.
14h30min– Acolhida das Delegações do III Festival de Teatro e Dança com as boas vindas, dialogo sobre a programação e lançamento da Revista COR. Espaço: Colônia dos Pescadores
15h00 – Apresentação do Espetáculo “Retratos”, do município de Matinha.
15h30min as 17h30 – Oficinas para a comunidade.
Espaço: Telecentro, Colônia, Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais STTR e Secretaria Municipal de Juventudes.
Oficina1: Dança afro
Oficina 2: Tambor de crioula
Oficina 3: Capoeira
Oficina 4: Teatro
Oficina 5: Ritmos afros
Oficina 6: Música
14h00 as 17h30 – Oficinas para a comunidade.
Espaço: Ce Pe Astolfo Serra (CEMA).
Oficina 1: Dança Afro
Oficina 2: Tambor de crioula
Oficina 3: Capoeira
Oficina 4: Teatro
Oficina 5: Ritmos afros
Oficina 6: Música
15h30min ás 17h00 – Ensaios e preparação das Companhias de Teatro e Danças.
Espaço: Escola Prof. Joaquim Inácio Serra
17h30min ás 18h30min – Apresentações culturais.
Espaço: Escola Prof. Joaquim Inácio Serra
  • “Fatos e Mistérios”, de Viana.
  • “Felipe de Sibá: Trajetórias de um Mestre”, de São Vivente de Férrer.
  • “Faces de Maria”, de Arari.
  • “Batuque”, de São João Batista.
  • “A História do Cadoz”, de Cajari.
“Correntes”, de São Bento.
17h30min ás 18h30min – Apresentações Teatrais.
Espaço: Centro de Ensino Pe. Astolfo Serra (CEMA).
18h00 ás 19h00 – Jantar
Espaço: Instituto Educacional Alberto Silva Costa
18h00 ás 19h00 – Jantar
Espaço: Instituto Educacional Alberto Silva Costa.
19h00 – Abertura Oficial á comunidade Apresentação dos espetáculos e manifestações culturais locais.
19h20min – Início das apresentações teatrais
Espaço: Praça Juarez Silva Costa.
  • “Revelando Faces”, de Olinda Nova do MA.
  • Manifestações culturais locais.
  • “Retalhos”, de Palmerândia.
20h00 – Apresentação dos Espetáculos e manifestações culturais locais.
Espaço: Praça Juarez Silva Costa
  • Manifestações culturais locais.
  • “Para Além do Horizonte”, de Olinda Nova, São João Batista e Matinha.
  • “Porteiras”, de Matinha.

5 de ago de 2014

IPI DE SÃO JOÃO BATISTA COMEMORA 111 ANOS DA IGREJA NO BRASIL


A I Igreja Presbiteriana Independente do Brasil em São João Batista comemorou na semana passada 11 anos da IPI no país. As comemorações foram realizadas na sede da igreja e alguns povoados, com destaque para o povoado Beirada, onde um grande cultou mobilizou dezenas de pessoas.
O evento foi comandado pelo pastor Gildo Lopes e contou com a participação de fiéis e moradores do povoado. De acordo com as informações passadas ao Portal Folha de SJB, no povoado já c0meçou a ser construída uma congregação da IPI, e já está, inclusive, aberto o período de doações.
111 ANOS DA IPI NO BRASIL
A Igreja Presbiteriana Independente do Brasil (IPI), surgiu em 1903como uma denominação totalmente nacional, sem vinculação com igrejas estrangeiras. Resultou do projeto nacionalista do Rev. Eduardo Carlos Pereira (1856-1923), que entrou em conflito com o Sínodo da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) em torno das questões missionária, educacional e maçônica. Em 1907, a IPI tinha 56 igrejas e 4.200 membros comungantes. Fundou um seminário em São Paulo. Em 1908 foi instalado o seu Sínodo, inicialmente com três presbitérios; em 1957 foi criado o Supremo Concílio, com três sínodos, dez presbitérios, 189 igrejas locais e 105 pastores. O Estandarte, fundado em 1893, é até hoje o jornal oficial. Conta com 3 Seminários Teológicos, nas cidades de São Paulo, Londrina e Fortaleza.
A Igreja Presbiteriana Independente do Brasil foi fundada na noite de 31 de julho de 1903 por um grupo de sete pastores e três presbíteros, que deixaram o sínodo da então Igreja Presbiteriana do Brasil. Foram liderados por Rev. Carlos Eduardo Pereira, para formarem a “Egreja Presbyteriana Independente Brazileira” (ortografia da época). No dia seguinte organizaram-se oficialmente como “Presbitério Independente”. Os outros seis pastores fundadores foram: – Alfredo Borges Teixeira – Bento Ferraz – Caetano Nogueira Jr. – Ernesto Luis de Oliveira -Vicente Themudo Lessa.
A Igreja de Eduardo Carlos Pereira envolveu-se verdadeiramente com a questão que os afligia, o fato de não existir uma preparação adequada para os pastores, a Igreja precisava de pastores que fossem preparados de acordo com o contexto do povo brasileiro, o que não acontecia até então. Em 1898 com a publicação de artigos em “O Estandarte” sobre a incompatibilidade entre a maçonaria e fé cristã aumentou a divergência entre este grupo e a Igreja Presbiteriana do Brasil, levando a separação e a criação da IPIB – Igreja Presbiteriana Independente do Brasil.
A IPIB nos dias de hoje, é muito conhecida pela força do seu trabalho leigo, (trabalho realizado por membros discentes da Igreja). O trabalho leigo se divide em segmentos, como Ação Social e Secretária da Família. O trabalho de ação social é hoje o que conhecemos como trabalho diaconal, que dá assistência a comunidade em geral, membros e não membros da Igreja, como realização de projetos das Igrejas locais, como doação de cestas básicas a famílias carentes e etc. O trabalho da Secretaria da Família é realizado entre Adultos com a Coordenadoria Nacional de Adultos, Jovens com a União da Mocidade Presbiteriana Independente, Adolescentes e Crianças,como realizações de congressos, acampamentos, para comunhão, educação e discipulado da Igreja em nível local, regional e nacional.
Folha de SJB

2 de ago de 2014

ELEIÇÕES 2014: CIDADE USARÁ PELA TERCEIRA VEZ SISTEMA BIOMÉTRICO


e eleitores maranhenses diminuiu 1,34% em relação às últimas eleições, segundo estatística divulgada no início da tarde desta terça-feira (29), pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Estão aptos a votar nas eleições de 5 de outubro, 4.497.336, enquanto que em 2012, este número era de 4.558.855. A estatística maranhense é contrária à registrada no país. De acordo com o TSE, houve um aumento de 5,17% no eleitorado nacional, saindo de 135.804.433 eleitores registrados na Justiça Eleitoral em 2012, para 142.822.046.
Em relação aos estados, o Maranhão ocupa o 11º lugar, atrás São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Ceará, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Já em relação à região Nordeste, o colégio eleitoral maranhense é o quarto maior. A cidade com maior número de eleitores é São Luís, com 619.682 eleitores, o que representa 13,7% do quantitativo estadual. Logo depois os nove maiores colégio eleitorais são Imperatriz, com 164.503 eleitores (3,6%); Caxias, 107.732 (2,39%); Timon, 107.676 (2,39%); Codó, 81.143 (1,85); São José de Ribamar, 80.943 (1,8%); Açailândia, 74.765 (1,6%); Bacabal, 66.503 (1,4%), Santa Inês, 57.413 (1,27%) e Balsas, 55.154 (1,22%).
A capital maranhense também possui o maior número de eleitores que votarão pelo sistema biométrico, com 619.682 aptos a votar. Em São José de Ribamar esse número ficou em 80.943 eleitores; em Paço do Lumiar, 52.922; e em Barra do Corda, 48.657. As outras cidades maranhenses que utilizarão o sistema são: Benedito Leite, Cajapió, Fernando Falcão, Jenipapo dos Vieiras, Nova Iorque, Pastos Bons, Raposa, São Domingos do Azeitão, São João Batista e São Vicente Ferrer.
Faixa etária
A maior parte dos eleitores maranhenses está compreendida entre 25 a 34 anos, 1.167.064 eleitores. Logo depois aparecem os eleitores entre 45 a 59 anos, exatos 872.578 eleitores. O menor quantitativo é de 16 anos, 34.208 (0,76%). As mulheres continuam a ser a maior parte do eleitorado, 2.309.955 eleitoras (51,3%) aptas a votar. Já os homens são 2.185.201 eleitores (48,5%). Segundo o TSE, 75% dos eleitores maranhenses são solteiro, enquanto que apenas 23,1%, casados.