29 de jun de 2014

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O II CURTFÉRIAS DE SÃO JOÃO BATISTA

Começaram ontem, 26 de junho, as inscrições para o II CurtFérias de São João Batista. De acordo com as informações, as inscrições seguirão abertas até o dia 28, amanhã, e poderão ser realizadas na sede do Fórum da Juventude da nossa cidade. Como no ano passado, o CurtFérias 2014 tem uma realização do Instituto de Formação de Jovens (Fórum da Juventude) e Prefeitura Municipal de São João Batista, através da Secretaria Municipal de Juventude e Cultura.
De acordo com o projeto, o objetivo principal da maior competição jovem da cidade é “integrar a juventude de São João Batista por meio de atividades competitivas e harmoniosas que englobam questões socioeducativas de Esporte, Cultura e Lazer” e tem como objetivos específicos Fortalecer os Grupos de Jovens existentes em São João Batista; Incentivar a cultura, esporte, lazer e comunicação como promoção social; Promover a interação e a socialização dos jovens e Oportunizar momentos de aprendizagens prazerosas e divertidas com atividades lúdicas e significativa.
Desta vez, além do Fórum da Juventude e Prefeitura Municipal, o Conselho Municipal de Juventude também está apoiando a iniciativa. Até agora, 06 equipes foram inscritas. As inscrições estão sendo realizadas na sede do Fórum da Juventude, na Travessa Vespaziano Ramos, 99, centro da São João Batista. Mais informações em 84049885 ou 84123226.
Folha de SJB

26 de jun de 2014

MORRE UM DOS ÍCONES DA CULTURA EM SÃO JOÃO BATISTA

Morreu por volta das 03 horas de hoje, 24 de junho, um dos maiores incentivadores da cultura de São João Batista e dono da Escola de Samba Turma do Quinto. Zé Batata foi vítima de um surto descondensado de diabetes, doença esta que silenciosamente vinha lhe acometendo já alguns anos.
Por isso, desde de 2010 Zé Batata largou de apresentar pelas ruas da nossa cidade a tradicional escola de samba, que é a Turma do Quinto, que juntamente com Salgueiro da Beirada, eram as únicas escolas que ainda se apresentavam em São João Batista. Hoje somente a Turma do Salgueiro mantem as apresentações nos carnavais.
Zé Batata estava em casa quando morreu e deixou uma lacuna insubstituível na Cultura Joanina, que hoje amanheceu mais pobre. Amigos, familiares e autoridades lamentaram a morte do folclorista. Em nota, o prefeito da cidade, Amarildo Pinheiro, disse que lamenta a morte de uma das pessoas mais influentes culturalmente de São João Batista.
“Zé Batata foi um dos homens mais influentes da nossa cidade, homem sério e dedicado em seus afazeres e acima de tudo sempre alegre e receptivo quando no trato com seus concidadãos. Inegavelmente é uma perda insubstituível do ponto de vista humanitário e espiritual. Que Deus possa confortar sua imensa família”, disse Amarildo.
De acordo com as informações, o enterro de Zé Batata será hoje a tarde, a partir das 15 horas. O velório está sendo realizado na sua residência, no bairro Paulo VI. Mais informações a qualquer momento.

24 de jun de 2014

UM EXEMPLO A SER SEGUIDO...



Oi meu nome é Gleidson Soares, mais sou conhecido como Guege, filho de Batista e Rosimeire, sou joanino tenho 28 anos, atualmente moro no estado do Rio de Janeiro. Escrevo este depoimento para vocês jovens joaninos, que quando ainda pré- adolescente, eu entrei no mundo das drogas, mas hoje fico refletindo "porque eu fazia a minha família sofrer tanto", sempre me deu tudo do bom e melhor de acordo com as condições financeiras.  

Mas não para por ai, quando ainda morava na minha cidade natal São João Batista eu me sentia totalmente limitado, não tinha em mim auto-confiança, força de vontade de querer vencer na vida, me dedicava a ficar sentado na praça somente usando drogas, as pessoas olhavam para mim e questionavam dizendo: que futuro esse garoto vai ter, e quanto mais o tempo passava a minha vida ia de mal a pior, sofria preconceitos, as pessoas começaram a se afastar de mim como se eu fosse um bicho e que oferecia risco a elas. Isso me deixava muito chateado e assim fui dando mais preocupações a minha família, gastava o pouco que eu tinha, se eu ganhava R$ 20,00 dava R$10,00 a minha mãe e a outra parte eu gastava com besteiras.

Meu pai um dia me perguntou porque eu estava fazendo isso com a minha vida, eu respondi: pai, a vida e igual a um jogo de futebol, quem está fora observa muito mais do que quem esta ali dentro, e ele não entendeu nada e muitas vezes ate eu questionava a mim mesmo porque eu sou assim tão cabeça dura. Nessa vida errada, me envolvi sem compromisso com uma pessoa e tive uma filha, sem trabalho e vivendo no mundo das drogas decidi assumir a minha responsabilidade com a criança que estava por vir, então surgiu uma oportunidade para tentar recomeçar a minha vida no Rio de Janeiro, fiquei muito feliz, tomei a decisão de viajar na mesma semana na companhia de meu primo, pois passei a colocar a minha filha em primeiro lugar e cuidar dela, hoje ela tem 06 anos. 

A minha vida mudou completamente, hoje sou operador de CFTV trabalho em área de segurança restrita, tenho uma boa vida e hoje eu posso dizer que sou alguém de verdade e e agradeço a Deus por tudo que ele realizou na minha vida. Que isso sirva de exemplo a todos os jovens cidadãos de São João Batista e cidades vizinhas, para que todos possam refletir sobre suas vidas, dialogar com seus pais porque os dias de hoje estão cada vez mais difícil, e a melhor forma de mudar isso e ouvir conselhos dos pais, procurar meios esportivos, estudar e se dedicar em ser alguém na vida para serem exemplos para outros jovens.

Agradeço a oportunidade de deixar meu depoimento a vocês e espero um dia estar aí e conhecer todos.

Gleidson Soares

SJB EM LUTO: MORRE ZÉ BATATA, DONO DA ‘TURMA DO QUINTO’


volta das 03 horas de hoje, 24 de junho, um dos maiores incentivadores da cultura de São João Batista e dono da Escola de Samba Turma do Quinto. Zé Batata foi vítima de um surto descondensado de diabetes, doença esta que silenciosamente vinha lhe acometendo já alguns anos.
Por isso, desde de 2010 Zé Batata largou de apresentar pelas ruas da nossa cidade a tradicional escola de samba, que é a Turma do Quinto, que juntamente com Salgueiro da Beirada, eram as únicas escolas que ainda se apresentavam em São João Batista. Hoje somente a Turma do Salgueiro mantem as apresentações nos carnavais.
Zé Batata estava em casa quando morreu e deixou uma lacuna insubstituível na Cultura Joanina, que hoje amanheceu mais pobre. Amigos, familiares e autoridades lamentaram a morte do folclorista. Em nota, o prefeito da cidade, Amarildo Pinheiro, disse que lamenta a morte de uma das pessoas mais influentes culturalmente de São João Batista.
“Zé Batata foi um dos homens mais influentes da nossa cidade, homem sério e dedicado em seus afazeres e acima de tudo sempre alegre e receptivo quando no trato com seus concidadãos. Inegavelmente é uma perda insubstituível do ponto de vista humanitário e espiritual. Que Deus possa confortar sua imensa família”, disse Amarildo.
De acordo com as informações, o enterro de Zé Batata será hoje a tarde, a partir das 15 horas. O velório está sendo realizado na sua residência, no bairro Paulo VI. Mais informações a qualquer momento.

22 de jun de 2014

CONFIRAM A PROGRAMAÇÃO DO SÃO JOÃO

Começa hoje o Festejo Junino de São João Batista. Organizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Juventude, o São João tem como tem a Copa do Mundo no Brasil. Confiram a Programação Oficial do São João da nossa cidade…fnht
21/06/2014
Cia. de Dança SJB
Cacuriá Rebolachion do Mará
D.P. Império de Lisboa de S.L
22/06/2014
Carimbó de Olinda Nova
D. I. Guerreiros de Cajari
D. P. Encantos Lusitano
Boi Brilho de Cajapió
23/06/2014
D. P. Lembrança de Portugal
Dança Cigana de Arari
B.M.B Segredos do Maracú
Boi Brilho de Rosário
24/06/2014
Boi Símbolo da Fazenda
Boi de Camundinho
Boi Oriente
Boi da Fazenda
Boi de Ribamar
25/06/2014
Quadrilha Asa Branca
D.I. Guerreiros do Mearim
D. P. Encantos de Portugal
26/06/2014
M. R. de Penalva
Tambor de Crioula Dona Dolores
D. P. Coroa de Lisboa
Boi Presidente Juscelino
Banda Free Lance
27/06/2014
D. I. Tribo Guajajaras
D. P. Coroa de Portugal
Boi Novilho dos Lençóis
28/06/2014
Quadrilha Flor do Sertão
Boi Flor de Matinha
Quadrilha Pau de Cerca
29/06/2014
Boi Mimoso
D. C. Cavalo de Prata
D.P. Império de Portugal

19 de jun de 2014

HOMENAGEM AO DIA MUNICIPAL DO TAMBOR DE CRIOULA

Ontem, 18 de junho, foi o Dia Municipal do Tambor de Crioula em São João Batista. A data foi instituída durante a administração do ex-prefeito Eduardo Dominici, mais precisamente em 2006, mais desde então vem passando em branco pelas administrações que lhe sucederam. Este ano não foi diferente, não teve nada para comemorar o Dia Municipal do Tambor de Crioula, apesar da coordenadora de Igualdade Racial, Ana Marcia, lembrar da data, homenageando aqueles que ainda mantém viva esta tradição em São João Batista. A militante e ativista chegou até a organizar uma possível apresentação do Tambor de Crioula Alegria de São Benedito, comandado pela também incentivadora da cultura, Dona Teodora, mais como integrantes da brincadeira não chegaram a tempo, não puderam se apresentar. E como responsável direta pelo dia, a Secretaria Municipal de Cultura não fez absolutamente nada, deixando passar em branco uma das tradições mais importante de nossa terra, que é o Tambor de Crioula.
Tambor de Crioula de Dona Teodora
O Tambor de crioula é uma dança de origem africana praticada por descendentes de escravos africanos no Maranhão, em louvor a São Benedito, um dos santos mais populares entre os negros. É uma dança alegre, marcada por muito movimento dos brincantes e muita descontração. Os motivos que levam os grupos a dançarem o tambor de crioula são variados podendo ser: pagamento de promessa para São Benedito, festa de aniversário, chegada ou despedida de parente ou amigo, comemoração pela vitória de um time de futebol, nascimento de criança, matança de bumba-meu-boi, festa de preto velho ou simples reunião de amigos.

Não existe um dia determinado no calendário para a dança, que pode ser apresentada, preferencialmente, ao ar livre, em qualquer época do ano. Atualmente, o tambor de crioula é dançado com maior freqüência no carnaval e durante as festas juninas. Mais aqui em São João Batista foi criado um dia específico para o Tambor de Crioula, que é o 18 de junho, criado e aprovado na Câmara Municipal de Vereadores, em 2006. A dança não requer ensaios. Originalmente não exigia um tipo de indumentária fixa, mas nos dias atuais a dança pode ser vista com as brincantes vestidas em saias rodadas com estampas em cores vivas, anáguas largas com renda na borda e blusas rendadas e decotadas brancas ou de cor. Os adornos de flores, colares, pulseiras e torços coloridos na cabeça terminam de compor a caracterização da dançante. Os homens trajam calça escura e camisa estampada.

A animação é feita com o canto puxado pelos homens com o acompanhamento das mulheres. Um brincante puxa a toada de levantamento que pode ser uma toada já existente ou improvisada. Em seguida, o coro, integrado pelos instrumentistas e pelas mulheres, acompanha, passando esse canto a compor o refrão para os improvisos que se sucederão. Os temas, puxados livremente em toadas, podem ser classificados como de auto-apresentação, louvação aos santos protetores, sátiras, homenagem às mulheres, desafio de cantadores, fatos do cotidiano e despedida. O tambor de crioula apresenta coreografia livre e variada. A brincante que está no centro é responsável pela demonstração coreográfica principal, mostrando sua forma individual de dançar. No centro da roda, os movimentos são mais livres, mais intensos e bem acentuados, seguindo o compasso dos tocadores.

A dança apresenta uma particularidade: a punga. Entre as mulheres, se caracteriza como um convite para entrar na roda. Quando a brincante está no centro e quer sair, avança em direção a outra companheira, aplicando-lhe a punga, que consiste no toque com a barriga. A que estiver na roda vai para o centro para continuar a brincadeira. Toda a marcação dos passos da dança é feita por um conjunto de tambores que os brincantes chamam de parelha. São três tambores nos tamanhos pequeno, médio e grande, feitos de troncos de mangue, pau d'arco, soró ou angelim. Um par de matracas batidas no corpo do tambor grande auxilia na marcação. O tambor pequeno é conhecido como crivador ou pererengue; o médio é chamado de meião, meio ou chamador e o grande recebe, entre os tocadores, os nomes de roncador ou rufador.

Os tambores são bastante rústicos, feitos manualmente de troncos cortados nos três tamanhos e trabalhados exteriormente com plainas para que a parte superior fique mais larga que a inferior. Internamente, o tronco é trabalhado a fogo com o auxílio de instrumentos de ferro para que fique oco. A cobertura do tambor é feita com o couro de boi, veado, cavalo ou tamanduá. Depois da cobertura, é derramado azeite doce no couro que fica exposto ao sol para enxugar e atingir o "ponto de honra", quando é considerado totalmente pronto. Durante a dança, os tambores são esquentados na fogueira para que tenham afinação perfeita.

Esta é uma homenagem do Portal Folha de SJB aos incentivadores do Tambor de Crioula em São João Batista...
Folha de SJB

18 de jun de 2014

LOURO É ELEITO PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE SÃO JOÃO BATISTA

O vereador Louro, do Partido Popular Socialista e Líder do Governo, foi eleito presidente da Câmara Municipal de São João Batista para o biênio 2015-2016. A eleição aconteceu hoje, 18 de junho, no Plenário Zezi Serra com a presença de todos os vereadores, Luiz Everton, Dezinho, Renato Machado, Ivan, Cabeça, Mecinho, Rui Serra, Chico de Nhozinho, Uira Dominici e o presidente eleito, Louro. Com plenário e galeria cheia, o socialista foi aclamado por unanimidade para presidir os trabalhos na casa pelos próximos dois anos.
A sessão também foi acompanhada pelo prefeito da cidade, Amarildo Pinheiro; pelo vice-prefeito, Junior de Fabrício; pelos secretários Assis Araújo, Carlos Figueiredo, Aguiar Santos, Brás Serra, Marçal Everton e Eduardo Gomes; além de populares, amigos e familiares do presidente eleito. Na abertura da reunião, o atual presidente, vereador Luiz Everton, disse que apenas uma chapa foi inscrita, confirmando o que o Portal Folha de SJB, já tinha afirmado anteriormente que dificilmente a Oposição lançaria candidato e o acordo feito em 2012, seria cumprindo, com articulação forte do prefeito Amarildo Pinheiro.
Mais como todos sabem, corria nos bastidores uma possível chapa que encabeçaria até vereadores aliados do próprio Governo Municipal, o que não aconteceu. Pois bem, passado isso, o vereador Luiz Everton abriu o processo de votação nominal e todos os 09 vereadores votaram na chapa encabeçada por Louro, sendo que os outros integrantes da Mesa Diretora ficaram com Dezinho, como vice-presidente; Uira Dominici, como primeiro secretário e Luiz Everton, como segundo secretário. Houve mudança apenas no cargo maior e na segunda secretaria, que saiu Renato Machado e entrou o atual presidente do Poder Legislativo.
Após a votação, o atual presidente deu oportunidades para os pronunciamentos dos colegas. Cada vereador usou a tribuna parabenizando e colocando o trabalho do socialista na casa do Poder Legislativo e desejaram bom trabalho a frente da Câmara Municipal de Vereadores. Quem também falou foi o secretário de Educação e vereador licenciado, professor Aguiar, que rendeu homenagens ao parlamentar. Antes da fala do gestor maior do município, Louro falou sobre o apoio e confiança depositada nele e agradeceu a votação unanime, afirmando que zelará pela harmonia entre os poderes e pela retidão nos trabalhos da Mesa Diretora da casa.
Já finalizando a sessão, o prefeito de São João Batista também discursou e falou sobre as articulações feitas em torno do seu candidato a presidente e destacou que nunca antes na história da cidade, dois presidentes de câmara foram escolhidos no processo democrático e transparente como foi a eleição de Luiz Everton e agora com a eleição do vereador Louro para conduzir o Poder Legislativo. Amarildo Pinheiro disse que isso é fruto da união dos seus vereadores aliados, 08 ao todo, e aproveitou para falar sobre as ações administrativas de seu governo.
Ao final, o atual presidente agradeceu a presença de todos e deu por encerrada a sessão. Depois da sessão, o vereador Louro recebeu cumprimentos dos presentes e posou para fotos ao lado dos vereadores e amigos que estavam na galeria.


Folha de SJB

16 de jun de 2014

DEPUTADO RAIMUNDO CUTRIM APRESENTA REQUERIMENTO PELOS 56 ANOS DE SÃO JOÃO BATISTA


14 de jun de 2014

CONHEÇA A HISTÓRIA DE SÃO JOÃO BATISTA

A cidade de São João Batista teve origem numa gleba de terra determinada “Ponta” de propriedade do Major Raimundo Marques Figueiredo, fundador da cidade. Foram seus primeiros habitantes: Francisco Américo de Araújo, comerciante e senhor de engenho de moer cana-de-açúcar, Caetano Costa, figura de destaque na agricultura; Salustiano José da Serra, primeiro comerciante de “Ponta” em cujo comércio a população da área se abastecia; Joana Ferreira, senhora de grandes propriedades; José Bertolo de Carvalho, propriedade de terras; João Batista de Carvalho, agricultor de grande destaque. 

Convém ressaltar que em sua casa residia e lecionava a primeira professora normalista, Dona Adalgisa, que teve uma atuação destacada no magistério, preparando o futuro intelectual de São João Batista, como também sua irmã Dona Agripina nomeada pela sede de São Vicente Férrer. Essas duas ilustres professoras foram nomeadas pelo governador Herculano Parga. Em 1919, a baixada Maranhense foi vítima de uma grande estiagem, que trouxe sérias preocupações à população desta região, sendo São Vicente Férrer, município de onde São João Batista foi desmembrado, o mais atingido pela seca.

Preocupados com os inúmeros prejuízos que a população sofria, com a falta de chuvas, o Major Figueiredo, pessoa de destaque e muito católico, prometeu mandar celebrar numa missa campal em “Ponta”, assim que a situação fosse normalizada com a chegada das chuvas. Em abril, quando começaram a cair as primeiras chuvas, a situação se normalizou e a promessa foi cumprida. A missa foi celebrada pelo Monsenhor José Braúlio Nunes, vigário de São Vicente Férrer e amigo do Major.

Dado o sucesso da festa e do ato religioso que atraiu gente de todo o município e de municípios vizinhos, acertaram o Major Figueiredo e o Monsenhor Bráulio a construção de uma capela e o Santo escolhido foi “São João Batista”, que mais tarde deu o nome à cidade. Essa imagem juntamente com a de São Benedito e a Nossa Senhora da Conceição, foram adquirida em São Luís pelo jovem Francisco Ferreira Figueredo.

Gentílico: juanino ou joanino
Distrito criado com a denominação de Ibipeuara, pela lei estadual nº 269, de 31-
12-1948, subordinado de São Vicente Ferraz.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Ibipeuara figura no
município de São Vicente Ferraz.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.
Elevado à categoria de município com a denominação de São João Batista, pela lei
estadual nº 1608, de 15-12-1958, desmembrado de São Vicente de Ferraz. Sede no atual distrito de São João Batista ex-Ibipeuara. Constituído do distrito sede. Instalado em 15-12-1958.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito
sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.
Alteração toponímica distrital Ibipeuara para São João Batista alterado, pela lei estadual nº 1608, de 15-12-1958.

→FUNDAÇÃO DA CIDADE E CRIAÇÃO DO MUNICÍPIO

A cidade de São João Batista foi fundada pelo Major Raimundo Marques Figueiredono ano de 1928. O município de São João Batista foi criado pela lei nº 1.608 de 14.06.58, diário oficial nº 139, tendo como primeiro Prefeito Constitucional Merval Marques Figueiredo eleito em 1958 para um mandato de 04(quatro) anos.
A câmara de vereadores na sua primeira legislatura foi composta pelos vereadores:

-Conceição de Maria Costa Figueiredo
-José Pedro Campos
-Raimundo Marques Figueiredo Sobrinho
-Joana Marques Araújo
-Manoel Gomes
-José Oliveira Texeira
-Francisco Pinto Everton
-Durval Santos Jacinto 
Por ato do então governador Matos Carvalho o município já havia sido criado em…1957, instalado e nomenado o Prefeito José Ribamar Martins, que tomou posse permanecendo no cargo poucos meses. Tantos eram os vícios daquele ato governamental, que o prefeito de São Vicente Ferrer, Francisco Figueiredo, município de onde fora desmembrado, impentrou mandado de segurança junto ao Supremo Tribunal Federal no Rio de Janeiro. Enquanto isso o Tribunal Eleitoral marcou eleição para o dia 03 de outubro de 1958, tendo saído vencedor o candidato a prefeito do PSP José Porfírio Costa, que não chegou a assumir, tendo em vista decisão do Supremo tornando sem efeito o ato do Gorvernador, anulando a criação do município de São João Batista. Foi uma grande vitória das lideranças locais . Só mais tarde foi o mesmo criado de forma regular.

→DADOS SOBRE O MUNICÍPIO

Localização – Baixada Ocidental Maranhense

Área – 872 km2
População – Urbana: 2.512
- Rural: 20.566
- Geral: 23.078

Limites – ao Norte: Cajapió e São Vicente Ferrer
- ao Sul: Viana e Matinha
- ao Leste: Anajatuba
- ao Oeste: São Vicente Ferrer e Matinh

Clima – quente e temperado
Temperatura Média – 28.c
Estrativismo Animal – a caça e a pesca
Estrativismo Vegetal – o babaçu
Agricultura – Os principais produtos são: Arroz, Farinha, Feijão, Milho e Cana-de-Açucar; cujos produtos abastecem a população e o excedente para outros municípios e para a Capital do Estado.
Pecuária – Os principais rebanhos são: Bivinos, Equinos, Bubalinos, Suínos e Caprinos, exportados principalmente para São Luis.


→INFRAESTRUTURA


*Estrada Intermunicipais

O pioneirismo sempre foi uma característica de Francisco Figueiredo, que quando prefeito de São Vicente Ferrér, pela segunda vez em 1951, levou para lá o primeiro caminhão, dando início então a uma nova era na área dos transportes, partindo daí para abertura das primeiras estradas, construídas pelo braço dos trabalhadores, ligando os municípios de São João Batista a São Vicente Ferrer, Matinha, São Bento indo até aos limites do município de Pinheiro.
*Movimento Aevoviário


Os principais aviões foram trazidos a São joão Batista por Francisco Figueiredo, que construiu as primeiras pistas de pouso. Era grande o movimento de aeronaves do tipo teco-teco e em meio de muito entusiasmo e festividades as pessoas tinham oportunidade de passear em vôos rápidos sobre a cidade. Foi daí que surgiram as primeiras linhas de taxi aéreo, tendo prestado grandes serviços a comunidade local.


*Eletrificação Urbana


As cidades de São Vicente Férrer e São João Batista tiveram implantadas as suas primeiras rêdes de distribuição de energia nas administrações do prefeito Francisco Figueiredo e Merval Figueiredo, funcionando com motores à diesel adquiridos pela prefeitura. A intalação da luz elétrica no Porto da Raposa foi também realizada pela Família Figueiredo, fucionando até quando foi implantado em caráter definitivo a rede implantada pela CEMAR com energia de boa esperança. A rede elétrica da sede do município foi implantada na administração do prefeito Luis Figueiredo que solicitou ainda junto à CEMAR, a eletrificação do povoado Olinda dos Castros, a qual foi implantada na administração do prefeito Jorge Figueiredo.



13 de jun de 2014

BISPO DE VIANA CUMPRE AGENDA EM SÃO JOÃO BATISTA

O bispo de Viana, Dom Sebastião Lima Duarte, está cumprindo uma extensa agenda em São João Batista. O líder da Diocese de Viana chegou ontem no nosso município e cumpre sua visita pastoral até no dia 15, quando retorna à diocese. Dom Sebastião participou ontem de uma missão, onde foi recebido pelos fiéis da Paróquia de São João Batista.
Hoje, 13 de junho, o bispo visitou as dependências da Câmara Municipal de Vereadores. Lá, estiveram presentes o prefeito da cidade, Amarildo Pinheiro; os vereadores Louro, Chico de Nhozinho, Cristina Figueiredo e Uira Dominici. A conversa foi acompanhada também pelos secretários Assis Araújo, Marcal Everton, Bras Serra e Aguiar Santos.
Depois disso, Dom Sebastião visitou os prisioneiros. Acompanhado de agentes penitenciários, o sacerdote conversou com alguns carcerários. Já na programação da tarde, o bispo fez uma missa entro do Hospital Municipal de São João Batista. A missa também foi acompanhada pelo prefeito Amarildo, pelo secretário Carlos Figueiredo, funcionários e diretores da casa de saúde.
Antes da missa, Dom Sebastião aproveitou para visitar os doentes e evangelizar. Já durante a missa, o bispo fez algumas perguntas aos diretores do hospital com relação ao funcionamento da unidade, que foram respondidas pela diretora Isa Barros. Ao final, falaram e agradeceram a visita o prefeito Amarildo e o secretário Carlos Figueiredo. 
Ainda hoje o líder da Diocese de Viana reza missa na Igreja da Matriz.  Amanhã, dia 14 terá Rosário dos Martírios, na capela do bairro Paulo VI e Santa Missa na Igreja da Matriz, a partir das 19 horas. A visita do bispo Dom Sebastião só termina no dia 15, quando terá a Santa Missa pela manhã e missa de encerramento pela noite.
De acordo com a coordenação da visita, o chefe maior da Diocese de Viana deve chegar em São João Batista ainda pela manhã. A Paróquia de São João Batista é comandada pelo padre Valmir, que tem feito excelentes trabalhos a frente da igreja na nossa cidade e tem realizado diversas mudanças na igreja.

Folha de SJB

10 de jun de 2014

VIVA CIDADÃO FICARÁ EM SÃO JOÃO BATISTA ATÉ O DIA 19


rgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania (Sedihc), informa que foi prorrogado o período de atendimento das Unidades Móveis em quatro municípios. De acordo com o novo cronograma, a oferta de serviços do Viva Cidadão no povoado de Faiza, em Buriticupu, se estenderá até o dia 16 de junho.
No município de Rosário, o atendimento será realizado até 14 de julho. Já no município de São João Batista o período de atendimento vai até o dia 19 de junho. Na cidade de Matinha, a população terá acesso aos serviços da carreta do Viva Cidadão no período de 17 a 26 de julho com disponibilização dos serviços de emissão de RG e CPF, entre outros documentos.
Aqui em São João Batista, o Viva Cidadão começa seu atendimento hoje, retirando os principais documentos de um cidadão como CPF e Carteira de Identidade. O carro do programa está localizado na Praça de Eventos, no centro da cidade

6 de jun de 2014

PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE É TEMA DE CAMINHADA EM SÃO JOÃO BATISTA

 Com o objetivo de chamar e conscientizar a população de São João Batista para a preservação do Meio Ambiente, foi realizada na manhã de hoje a VII Caminhada Ecológica do Centro de Ensino ‘Acrísio Figueiredo’. Pela sétima vez consecutiva, a caminhada reuniu alunos da instituição que oferece Ensino Médio na cidade, professores e diretores.

Organizada pelo professor Joran Sérgio, a caminhada fez um percusso diferente, permitindo a interação e atenção dos que passavam pelas ruas do centro da nossa cidade. Desta vez, o movimento começou na Praça da Matriz e terminou no prédio da escola ‘Acrísio Figueiredo. Durante a caminhada, os alunos levaram faixas e mudas de plantas, em favor da preservação do Meio Ambiente.
O evento é alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia, comemorado dia 5 de junho de todo ano. Durante o evento o professor organizador, Joran Sergio, falou com o Portal Folha de SJB e disse que a intenção é chamar a atenção da população para a preservação do meio ambiente.
Além da caminhada, ontem, 5 de junho, foi realizada a I Exposição de Animais Ameaçados de Extinção, cuja fotos podem ser conferidas AQUI. A exposição foi realizada no pátio da escola e contou com a participação de todos os alunos, diretores, professores, funcionários e colaboração dos alunos do primeiro ano matutino. Confiram as fotos…




5 de jun de 2014

UNICEF MOSTRA DADOS DA EXCLUSÃO ESCOLAR EM SÃO JOÃO BATISTA

Por Batista Azevedo
Apesar do esforço do governo federal em sucessivas campanhas pela universalização da educação no país, isto em outras palavras significa “Toda criança na escola”, o resultado na prática não vem atingindo as metas estabelecidas. As razões são muitas. Vão desde a falta de escolas, a falta de professores, a dificuldade de acesso à escola ainda em algumas regiões do país, ocasionada pela falta de transporte escolar, a ainda pouca valorização dos profissionais da educação, mesmo apesar do incremento do Fundo de Valorização (FUNDEB) que fora criado especificamente para financiar a valorização dos docentes (60%) e a manutenção do educação básica ( 40%).
É certo afirmar que muito já se avançou na educação dos municípios brasileiros, sobretudo os mais carentes. A rede física melhorou, o acesso ao magistério teve nos momentos iniciais a inserção de professores por meio de concursos públicos, ainda que neste instante muitos aproveitadores tenham se valido de “artimanhas” para se tornarem professores, alguns inclusive com o beneplácito de agentes políticos, além de outras melhorias.
Com a exigência da formação específica em licenciaturas, muitos municípios melhoraram o nível de seus professores, ainda que algumas gestões teimem nos contratos temporários de leigos, com a negação de direitos trabalhistas, direitos estes também assegurados pelo Fundeb da mesma forma que aos efetivados do magistério público. Ainda assim o Brasil registra um número ainda grande de crianças fora da escola. Esta estatística aumenta nos estados do Norte e Nordeste. No Maranhão não é diferente, como assegura o site: http://foradaescolanaopode.org.br/mapa-da-exclusao-escolar-no-brasil.
Não alheio a estas estatísticas o município de São João Batista apresenta um considerável número de crianças, na faixa etária de 4 a 17 anos, fora da escola, mais precisamente 370 alunos, cerca de 6,4%. Da população escolarizável, isto é, aquela que deve ou devia estar matriculada, o site registra um número de 5.744 alunos. Destes, 93,6% estariam matriculados o que resulta em 5.374 alunos. Mesmo estando dentro da média nacional, urge que medidas sejam tomadas para reverter este quadro. Outra preocupação por demais pertinente reside na questão “qualidade do ensino”, e “permanência na escola”.
Nestes aspectos, mais uma vez a responsabilidade é em via dupla, ou seja, do poder público e dos docentes, cabendo aos entes constituídos e de classe (neste caso aos Sindicatos e Associações ou Núcleos de Professores) concentrarem políticas efetivas de qualidade na aprendizagem e permanência do aluno na escola. A análise é pertinente e requer esforço e responsabilidade de todos. Com informações do Blog SJB Online com base nos dados disponibilizados pelo unicef.

4 de jun de 2014

SÃO JOÃO BATISTA 56 ANOS: CONFIRMADAS DUAS BANDAS NO ANIVERSÁRIO DA CIDADE


nfirmadas para fazer a animação durante as comemorações do aniversário da cidade de São João Batista, no próximo dia 14 deste mês. De acordo com as informações passadas com exclusividade para o Portal Folha de SJB, pelo prefeito Amarildo Pinheiro, as bandas Líbano e Free Lance estarão fazendo shows para comemorar os 56 anos de emancipação política da nossa cidade.
Além disso, haverá uma vasta programação direcionada às crianças da sede e zona rural, na Praça de Eventos com uma atracão conhecida no Maranhão inteiro. É o Grupo Freitas do Pedal, com show de acrobacias com patinadores, motoqueiros, bicicross, palhaços, show de humor, transformistas, e imitações. O inicio estará previsto para as 7 horas da manhã e seguira por todo resto do dia, até as 17 horas.
Segundo o gestor, terá transporte, com segurança, para as crianças que virão da sede e zona rural. A programação continuara com corrida rústica na sede com distribuição prêmios aos vencedores e decisões dos campeonatos de futebol que acontece todos os finais de semana no Estádio Municipal Dorindão. Os vencedores, como de costume, receberão do prefeito os prêmios conforme acordado já previamente com seus dirigentes.
PROGRAMAÇÃO OFICIAL
Mais as comemorações do aniversário da cidade de São João Batista não contará apenas com esta programação. Nas ações administrativa, serão assinadas ordens de serviços para início da construção de duas quadras polioesportivas, uma na sede e outra na zona rural da nossa cidade.  Seguindo, o prefeito e sua equipe irão visitar o andamento das construções das duas UBSs, que já estão sendo construídas nos povoados Olinda e Santana.
O gestor vai entregar um belíssimo Centro de Informática, no povoado Enseada dos Bezerros; a reforma e climatização do Hospital Municipal; inauguração de três poços artesianos; reforma geral de todas as escolas da sede, inclusive do Jardim de Infância do povoado Santa Rita, que está em fase de conclusão; e entrega de três veículos conseguidos este ano, concluindo um total de 11 veículos conseguidos durante sua administração.
No dia do aniversário da cidade, o prefeito visitará a creche do bairro Paulo VI e a Academia de Saúde, que estão em fase bastante avançada de construção. De acordo com as informações, a Secretaria Municipal de Cultura divulgará, ainda esta semana, a programação oficial do aniversário da cidade de São João Batista.
Folha de SJB

2 de jun de 2014

SÃO JOÃO BATISTA ESCOLHE SEUS MEMBROS DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE


Com a finalidade de escolher os 16 membros titulares e 16 membros suplentes do Conselho Municipal de Juventude (Comjuv), foi realizado no ultimo sábado o I Fórum Municipal de Juventude de São João Batista. Na solenidade estavam presentes membros da Secretaria Estadual de Juventude, da Secretaria Municipal de Juventude, do Governo Municipal e secretários municipais de juventude de outros municípios.
Membros do Conselho Municipal de Juventude de São João Batista
O evento contou com a participação de quase 200 jovens e diversas organizações da Sociedade Civil, entre elas o Fórum da Juventude, Casa da Cultura, Grêmios Estudantis, Tambor de Crioula, Companhias de Teatro, Grupos de Jovens das Igrejas Evangélicas e Católicas, Sindicatos Rurais, Grupos de Capoeiras, Representação de Comunidades de Matrizes Africanas e Representação de Comunidades Quilombolas, além de Secretarias Municipais do Governo Municipal.
A programação do I Fórum Municipal de Juventude contou com uma mesa de abertura, com representantes da Sociedade Civil, Secretaria de Estado da Juventude e representantes das Secretarias Municipais da Prefeitura Municipal de São João Batista. Na abertura, além do secretário chefe de Gabinete, Assis Araújo, que o representou, o prefeito Amarildo enviou uma fala, onde expressou o papel da juventude em sua administração. Após isso, teve a apresentação da Lei Municipal 366/2014, que criou o Comjuv, e logo após uma explanação da Secretaria de Estado da Juventude do Maranhão, falando sobre a Política Estadual e Municipal de Juventude, além dos programas do Governo do Estado e Federal para a juventude.
A manhã terminou com a apresentação de uma peça teatral, comandada pela Cia. Artes e Raízes. Já na tarde, a programação foi voltada exclusivamente para a escolha dos 32 membros do Comjuv e eleição da Diretoria Executiva do órgão. Depois de orientações comandado por coordenadores do Fórum da Juventude de São João Batista, sobre a lei e o processo de escolha, os presentes escolheram os membros do Comjuv e logo após de escolhidos, os conselheiros elegeram a Diretoria Executiva, formada por um presidente, um vice-presidente e um secretário.
Para o cargo de presidente, foi eleito o jovem Jailson Mendes, do Fórum da Juventude e representante da Sociedade Civil; para o cargo de vice-presidente foi eleita a jovem Mayara Pinheiro; e para a secretaria executiva, o jovem Laercio Freire, da Cia SJB foi o eleito. Após isso, todos os conselheiros posaram para a foto e receberam os crachás de Membros Titulares e Suplentes do Conselho Municipal de Juventude de São João Batista. Já eleito, o jovem Jailson Mendes passou alguns encaminhamentos e anunciou que a posse deverá ser realizada ainda este mês, após tramite legal na Assessoria Jurídica da Prefeitura Municipal, sendo que o prefeito deverá declarar empossados os 32 membros.
MEMBROS DA SOCIEDADE CIVIL
Jailson Mendes Mota  (Fórum da Juventude) – Presidente
Dayane Costa – Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais
Brenda Diniz - Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais
Doan Silva Madeira – Grêmio Estudantil do Acrísio Figueiredo
Jessica Silva Ferreira- Grêmio Estudantil do Acrísio Figueiredo
Rosenilton Costa – Grupo Proavi- Povoado Santa Rita
Regivan Garcia – Grefel
Dielson Santos – Representação das Comunidades de Matrizes Africanas
Thiago Carvalho – Umpi- Representação das Igrejas Evangélicas
Sara Maria Lima- Grupo de Jovens do Povoado Quiá- Representação da Igreja Católica
Sebastião Trindade- Representação das Comunidades Quilombolas
Ana Santos- Tambor de Crioula de Dona Teodora
Cia. Independente – Denilson Pereira
Cia. SJB – Laercio Freire – Secretário Executivo
Cia. Artes e Raízes- Adeilton Costa
MEMBROS DO PODER PÚBLICO
Fernando Santos – Secretaria Municipal de Cultura e Juventude
Carlos Eduardo - Secretaria Municipal de Cultura e Juventude
Emerson Soares- Câmara Municipal de Vereadores
Cristina Figueiredo- Câmara Municipal de Vereadores
Janilson Santos Ferreira- Secretaria Municipal de Educação
Vailson Carlos- Secretaria Municipal de Educação
Francisco de Assis Santos Araújo- Secretaria de Administração e Planejamento
Mayara Araújo Pinheiro- Secretaria Municipal de Saúde
Rose Clea Rodrigues- Secretaria de Saúde
Telma Maria Lindoso- Secretaria de Assistência Social
Lara Camila de Jesus – Secretaria de Assistência Social
COMJUV- CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE SÃO JOÃO BATISTA
Os principais objetivos do órgão é participar na elaboração e na execução de políticas públicas municipais da juventude, em colaboração com os órgãos públicos municipais; colaborar com a administração municipal na implementação de políticas públicas voltadas ao atendimento das necessidades da juventude; propugnar pela fiscalização e cumprimento de legislação que assegure os direitos dos jovens; fomentar o associativismo juvenil, prestando apoio e assistência, quando solicitado e estimular a participação da juventude nos organismos públicos e movimentos sociais.

Além disso é dever do Conselho Municipal: desenvolver estudos e pesquisas relativos à juventude, objetivando subsidiar o planejamento das políticas públicas para este segmento no Município de São João Batista – MA; promover e participar de seminários, cursos, congressos e eventos correlatos para a discussão de temas relativos à juventude e que contribuam para o conhecimento da realidade do jovem na sociedade; propor a criação de canais de participação dos jovens junto aos órgãos municipais; receber, analisar e examinar propostas, denúncias e queixas relacionadas à área da juventude, encaminhadas por qualquer pessoa ou entidade, e a elas responder e denunciar aos órgãos competentes, mediante representação, os crimes, as contravenções e as informações que violarem interesses coletivos e/ou individuais da juventude.
Folha de SJB

I FÓRUM MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE SÃO JOÃO BATISTA EM IMAGENS


















1 de jun de 2014

JOANINOS PARTICIPARAM DE FESTIVAL DE RUA EM FORTALEZA

Os jovens do Fórum da Juventude de São João Batista, Maximo Freitas, Regiane Mayra e Dunga desembarcam hoje em São Luis. Eles estava em Fortaleza, no estado do Ceará, onde participaram do Festival de Aprendizagem Global. Juntamente com os joaninos, tinha uma delegação de mais de 30 jovens da Baixada Maranhense, que  representaram o nosso estado, coordenada pelo Instituto Formação, de São Luis.
A cidade de Fortaleza foi uma das sedes brasileiras da Copa do Mundo da FIFA em 2014, que começa no próximo dia 12 de junho. Mas antes de receber algumas das estrelas do futebol mundial, a capital cearense será palco de um festival internacional de futebol educativo, que irá reunir adolescentes, jovens e educadores representantes de movimentos, redes e organizações sociais de nove países, que utilizam o esporte como estratégia de mobilização para incidência política e promoção de desenvolvimento social e humano. O Festival Internacional Brasil 2014 – um jogo, uma visão, um mundo foi realizado entre os dias 27 e 31 de maio e reuniu mais de cem participantes de quatro continentes
O evento foi promovido pela rede FAG (Futebol para Aprendizagem Global) e REJUPE (Rede de Adolescentes e Jovens pelo Esporte Inclusivo e Seguro), sob a coordenação executiva do Formação (organização não governamental maranhense), Kickfair (organização não governamental alemã) e REJUPE-CE, e conta com apoio de um conjunto de parceiros (Assembleia Legislativa do Ceará, CUCA Barra, Embaixada Alemã, GIZ – Projeto Futebol para o Desenvolvimento, Governo do Estado do Ceará, Ministério do Esporte, Ministério do Interior da Alemanha, Prefeitura Municipal de Fortaleza, UFC, UFMA, UNICEF).
O Festival começou a ser planejado em janeiro de 2013 quando duas organizações da rede FAG (Formação e Kickfair) discutiram o primeiro esboço do projeto Brasil 2014: um jogo, uma visão, um mundo. A proposta consistia inicialmente na produção de um manual para ser aplicado em escolas e comunidades dos países pertencentes a rede. A publicação produzida em 4 idiomas fomentou a realização de eventos locais com discussão sobre a COPA de 2014 no Brasil, considerando a paixão de todos pelo futebol, a curiosidade sobre o país, os legados positivos e negativos de megaeventos e as proposições educativas trabalhadas pelas organizações que compõem a FAG.
Paralelo a esses eventos são realizados, em cada país, torneios de futebol educativo baseados na metodologia do futebol de rua para promover a educação e o desenvolvimento. A culminância do projeto se dá com a realização do festival internacional em Fortaleza, que terá na programação além de um torneio final com a participação de representantes desses países, momentos para debate e diálogo sobre a importância do futebol para o desenvolvimento humano e social. Outra organização promotora do evento é a REJUPE – Rede de Adolescentes e Jovens pelo Esporte Inclusivo e Seguro que foi fomentada e é apoiada pelo UNICEF. A rede que existe atualmente em 13 cidades brasileiras vem promovendo debate sobre o legado dos megaeventos esportivos e disseminando práticas de esporte educativo no país. A presença dessas diferentes redes também faz do evento um espaço de interação e aprendizagem entre adolescentes, jovens educadores e autoridades do esporte educativo.
Folha de SJB