29 de abr de 2016

EM PARCERIA COM GOVERNO DO ESTADO, FÓRUM DA JUVENTUDE OFERECERÁ AULÃO DO ENEM EM SJB

O Governo do Estado divulgou nesta segunda-feira (25), os municípios que receberão a edição 2016 do Aulão do Enem, bem como as datas que as ações ocorrerão em cada município respectivamente. Entre as mais de 50 cidades selecionadas, está o município de São João Batista. A demanda foi levada pelo Fórum da Juventude, Conselho Municipal de Juventude e Secretaria Municipal de Juventude da nossa cidade.
A ação, que é desenvolvida pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), reforça o compromisso do o governo em fortalecer e dar celeridade às políticas públicas de educação para a juventude, com foco na contínua formação, ampliando as oportunidades e garantindo o protagonismo juvenil no estado.
Os aulões, que fazem parte do programa Pré-Universitári (PreUNI), são aulas presenciais, gratuitas, em caráter de megarrevisões, contemplando as áreas de conhecimentos que compõem o Enem, voltadas para jovens e adultos que concluíram ou estão cursando o 3º ano do Ensino Médio interessados em ingressar na Educação Superior.
Em 2015, as ações ocorreram em 16 cidades, beneficiando mais de 15 mil jovens. Esse ano, com a parceria e mobilização da Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (Seejuv), o número de solicitantes dos aulões do Enem aumentou em mais de 100%, e as revisões ocorrerão em 60 cidades do estado.
Em São João Batista, de acordo com o edital, será realizado no dia 24 de setembro deste ano, no Centro de Convenções da Juventude. O coordenador do Fórum da Juventude, Raimundo Nonato Dunga, e o secretário municipal de Juventude, Fernando Santos, informaram que está sendo construído um plano de trabalho para que os aulões sejam ampliados para mais dias, com professores da própria cidade.
A ideia inicial é que a partir de junho, os inscritos tenham aulas todos os sábados. As inscrições e mais informações sobre o aulão serão passados nos próximos dias.
Folha de SJB

SÃO JOÃO BATISTA EM CONFERÊNCIA EM BRASÍLIA


Entre os dias 24 a 27 de abril de 2016, aconteceu em Brasília, a 10ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, um espaço de construção de propostas, cujos desdobramentos deverão ser incorporados às diretrizes da política nacional de promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente. A cidade de São João Batista se fez presente com a participação do presidente do Conselho de Juventude e membro do CMDCA, Jailson Mendes.
A Conferência trouxe como tema “Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes – Fortalecendo os Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente”, e reuniu convidados, observadores e 1187 delegados(as) eleitos(as). Do Maranhão, estavam presentes diversos delegados, entre crianças, adolescentes e adultos das mais diversas regiões. A assembleia votou 66 propostas, resultado das onze Plenárias Temáticas – seis para delegados adultos, quatro para adolescentes e um grupo de trabalho de crianças – e três Plenárias de Eixos, que discutiram Reforma Política dos Conselhos de DCA, Construção e implementação do Plano Decenal e Política Nacional dos DCA.
As crianças delegadas quebraram o ritmo tradicional de votação e levaram para o palco da plenária um grande mosaico representando suas propostas, “que significam o que a gente quer para o futuro, para o plano decenal e para os nossos direitos”, explicou Flávio. “Tem muita criança lá fora que poderia estar aqui, mas elas não sabem nem que os direitos delas existem”, argumentou o menino sobre a proposta de maior divulgação do ECA. “O meu desenho é uma criança ensinando para um adulto o que é o ECA”, contou Maria Eduarda, de 11 anos.
A plenária aprovou quase 60 propostas. Entre elas: assegurar e efetivar a participação de crianças e adolescentes nos Conselhos de Direito, com voz, voto e garantia de acessibilidade; incentivar a formação política e o estudo do ECA e da Constituição Federal; disseminar através das redes de ensino a importância da participação de crianças e adolescentes nos espaços de incidência política; promover a articulação entre os Conselhos Municipais, Estaduais e Nacional de DCA, para formular e deliberar uma política pública integrada; articular com o Ministério Público a criação e regulamentação do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) nos municípios onde não existe.
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Também foi aprovado a laboração de um plano orçamentário que estabeleça e implemente recursos financeiros para o Fundo da Infância e Adolescência (FIA); por meio de lei federal, incluir como condicionante de licenciamento e implementação de grandes projetos de mineração, hidrelétricas, madeireiras, entre outros, depósitos anuais pela empresa responsável de 5% de todas as condicionantes no FIA dos municípios impactados pelo projeto; garantir a inclusão do estudo dos direitos humanos de crianças e adolescentes no currículo escolar; criar um plano nacional de erradicação da violência letal contra crianças e adolescentes, priorizando a criação imediata de comitês a favor da desmilitarização da Polícia Militar com a participação de crianças e adolescentes, com voz e voto; entre outras.
Jailson Mendes e o deputado federal Pepe Vargas
Jailson Mendes e a deputada Erica Kokay
A plenária terminou com o samba do Bloco Eureca, um projeto do Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua. Os adolescentes levaram um bandeirão, confeccionado durante a conferência, representando suas causas e lutas. “Não é questão de querer, nem de concordar, os direitos da criança e do adolescente todos têm que respeitar”, cantaram. A presidente Dilma Rousseff e vários ministros se fizeram presentes no final da conferência e início da Conferência Nacional dos Direitos Humanos, que Denis Abreu participa, também representando a nossa cidade.
Jailson Mendes e a deputada federal Maria do Rosário
Folha de SJB

19 de abr de 2016

FLÁVIO BRAGA DOA EQUIPAMENTOS AO FORUM DA JUVENTUDE






Em nome do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense, o especialista em direito eleitoral e presidente dessa organização, Flávio Braga doou dois equipamentos eletrônicos ao Instituto de Formação de Jovens de São João Batista, conhecido como Fórum da Juventude, que por sua vez é um dos fóruns mais organizado do Maranhão.
Segundo a Assessoria de Imprensa do Fórum da Juventude, foram doados um notebook e uma caixa amplificada, que servirão para melhorar os trabalhos que a organização desenvolve em São João Batista e na região. A doação foi intermediada pelo ex-coordenador da instituição, Jailson Mendes, que agradeceu ao Flávio Braga pela doação.
'Com esses materiais, melhoraremos demais os nossos trabalhos com a juventude da nossa cidade e em nossa região. Em nome da nossa organização, agradecemos ao amigo e companheiro Flávio Braga e todos os que fazem parte do Fórum em Defesa da Baixada', disse Jailson Mendes. Para o presidente do FBM, é importante potencializar as organizações existentes na região, porque elas fortalecem o trabalho de base.
'A doação de equipamentos a organizações como o Fórum da Juventude de São João Batista, que já tem seu trabalho reconhecido em todo o território maranhense só fortalece o trabalho dessa organização e o Fórum da Baixada acredita que assim melhoraremos ainda mais a nossa região', disse Flávio Braga.
Durante a ultima reunião de Assembleia Geral, coordenada pelo novo Diretor Administrativo do Fórum da Juventude, Raimundo Nonato Dunga, a coordenação agradeceu a doação e disse que fará bom uso dos equipamentos.
Folha de SJB

8 de abr de 2016

FÓRUM DA JUVENTUDE DE SÃO JOÃO BATISTA APOIA MANIFESTAÇÃO CONTRA A VIOLÊNCIA

Hoje, dia 08 de abril, foi um dia histórico para a Baixada Maranhense, dia em que a sociedade civil resolveu dá um grito de liberdade, um grito de justiça e paz para chamar a atenção das autoridades, infelizmente nesse país só conseguimos as coisas com luta, e para dá nosso recado tivemos que parar a MA 014 e interromper o trânsito por algumas horas, pois só assim conseguimos chamar atenção da população e das autoridades.
Nosso Ato pela Paz e Justiça fica registrado como o dia que moradores da Baixada Maranhense se uniram por um bem comum, passamos o recado de que o povo clama por justiça, os assassinatos e crimes não podem ficar impunes, exigimos uma resposta imediata. É sabido das dificuldades que passam nosso país e nosso estado, mais que nosso Governador Flavio Dino possa acionar o Secretário de Segurança, para que possa receber nossa pauta sobre segurança pública, assim como o Secretário de Infraestrutura, pois MA 014 precisa ser vista com carinho, mais de 700 mil baixadeiros dependem dessa estrada estratégica para o Maranhão.
Fica a crítica também as nossos políticos e lideranças da Baixada em relação aos deputados estaduais e federais que se utilizam da Baixada como curral eleitoreiro e não retornam com emendas e benefícios após as eleições, pois somos uma das regiões mais pobres do Maranhão e por consequência com baixo IDH, então que possamos ver quem não tem compromisso com nosso povo.
E o movimento segue, no dia 26/04 terça feira ficou marcado nosso próximo Ato e que a Baixada Maranhense possa dar mais uma aula de cidadania. "Todos pela segurança e paz a Baixada não aguenta mais". Comissão Organizadora.
Em tempo
O blog registra ainda a participação de diversas organizações da sociedade civil como as organizações de comunidades quilombolas, igrejas evangélicas e católicas, fóruns e organizações sociais como o Fórum da Juventude de São João Batista e Fórum em Defesa da Baixada. Somaram-se ainda a presença de autoridades como vereadores.
Folha de SJB

FORUM DA BAIXADA EM BRASÍLIA



A execução do projeto de construção dos diques da Baixada Maranhense será uma ação prioritária da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) neste ano. Foi o que garantiu o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, durante audiência com o deputado federal Aluisio Mendes (PTN); o senador Roberto Rocha (PSB); o president da Codevasf, Felipe Mendes; o superinte estadual do Sebrae, João Martins; os prefeitos Chico Gomes (Viana) e Zé Martins (Bequimão); o presidente do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense, Flávio Braga, e outros representantes da região.
Após ouvir os parlamentares e os representantes da Baixada Maranhense, o ministro pediu celeridade à Codevasf na conclusão do projeto executivo dos diques da Baixada, que está praticamente pronto, para que as obras possam ser licitadas pelo órgão ainda este ano. Segundo Gilberto Occhi, o projeto será prioridade da Codevasf para este ano porque o Maranhão é o único estado atendido pelo órgão que não tem nenhuma obra estruturante em andamento.
“O ministro nos informou que irá ao Maranhão até o final de abril para anunciar à população a implementação dos diques da Baixada, garantindo a concretização de um sonho de mais de 30 anos que sera a redenção econômica daquela região”, finalizou Aluisio Mendes. O projeto Diques da Baixada prevê a construção de 71 quilômetros de diques de dois metros de altura cada um, abrangendo os municípios de Viana, Matinha, São João Batista, São Vicente Ferrer, Cajapió, São Bento e Bacurituba.

2 de abr de 2016

POPULAÇÃO PEDE REFORMA DA ESCOLA DA ILHA GRANDE


Moradores e alunos da escola do povoado Ilha Grande, zona rural da cidade de São João Batista reivindicam a urgente reforma da unidade de ensino. Em fotos enviadas ao Blog Folha de SJB, a população pede que a Secretaria Municipal de Educação mande reformar urgentemente a instituição.
12799396_490941681106185_2861244346196141520_n
Situação da escola do povoado
A estudante Aldilene Pires, moradora do povoado, denunciou em seu perfil na internet a situação em que a escola se encontra. “Faltando apenas dois meses para acabar o semestre, a escola do povoado Ilha Grande continua assim nesse estado deplorável…alunos sem aula, o prédio tomado pelo mato, sem porta, sem energia…Um abandono total”, disse.
Pelas imagens, comprava-se que a situação é de calamidade pública e a população cobra uma ação rápida, já que a mesma é a única escola daquele povoado. Em nota, a Prefeitura Municipal de São João Batista informou que irá mandar uma equipe técnica para avaliar a situação.
Ainda segunda a prefeitura, a atual gestão está trabalhando nas reformas de todas as escolas e que a unidade de ensino da Ilha Grande está no planejamento e que já na próxima semana iniciará a reforma. A nota disse que no ano passado foi feita uma reforma, mas que vândalos depredaram a escola.