30 de abr de 2015

ORGANIZAÇÕES DISCUTEM CRIAÇÃO DO FÓRUM DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE SÃO JOÃO BATISTA

Diversas organizações da Sociedade se reuniram na ultima sexta-feira e sábado, 24 e 25, para discutir a criação do Fórum de Políticas Públicas de São João Batista. A discussão aconteceu durante a capacitação para membros de todos os Conselhos Comunitários da cidade, na Câmara de Vereadores. O evento foi organizado pelo Fernando Junior, assessor de Políticas Públicas da Igreja Católica.
A capacitação foi dada pelos representantes do Fórum de Políticas Públicas do município de Buriticupu, Alaide Abreu e Ivonete Matos, conselheiro tutelar e assistente social daquela cidade, respectivamente. Na abertura do evento, teve a presença do padre Valmir Figueiredo, que abençoou o evento e disse que ficou feliz em ver as comunidades e organizações fazendo parte da mudança dessa cidade. O encontro serviu para conselheiros fizessem um perfil da cidade e saber seus direitos e deveres enquanto fiscalizadores.
Estavam presentes representantes de diversos seguimentos da Sociedade Civil como Fórum da Juventude, Conselho Tutelar, Igrejas, Conselhos Comunitários, Câmara de Vereadores, Secretarias Municipais, Associações de Moradores, Movimento dos Terreiros de Umbanda, Quilombolas e representantes de outros municípios. Ao final do encontro, foi discutida a proposta de criação do Fórum de Políticas Públicas de São João Batista, que foi aprovada pelos participantes.
“O Fórum de Políticas Públicas de São João Batista deve ser uma organização representativa das entidades civis organizadas deste município, autônomo, apartidário, independente, desvinculado do Poder Público e sem fins lucrativos com duração indeterminada que tem como objetivo trabalhar a implementação de Políticas Públicas e controle social na Lei 9840/99 e zelar pelos direitos dos cidadãos e cidadãs de São João Batista”, disse Alaide, um dos capacitadores. No final do evento, uma comissão foi escolhida para fazer parte da organização dos primeiros trabalhos do fórum.
Folha de SJB

O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário