26 de set de 2015

FÓRUM DA JUVENTUDE PARTICIPA DE SEMINÁRIO DE RÁDIOS COMUNITÁRIAS EM SÃO LUIS








Jailson Mendes dando entrevista para a Rádio Timbiras
A participação efetiva de radialistas de vários municípios maranhenses marcou o ‘Seminário de Rádios Comunitárias’, realizado pelo Governo do Estado, na sexta-feira (25) e no sábado (26). Avaliado como um momento de avanço para a consolidação de uma comunicação mais democrática, o Seminário garantiu, aos participantes, orientações e informações para subsidiar a disputa dos editais de concessão no novo Plano Nacional de Outorgas (PNO). A cidade de São João Batista foi representada pelos diretores do Instituto de Formação de Jovens, conhecido como Fórum da Juventude. Os jovens Jailson Mendes, Fernando Santos e Raimundo Nonato, Dunga, participaram do evento.
Durante dois dias, o Seminário contou com mesas de debates e palestras ministradas por técnicos do Ministério das Comunicações e profissionais maranhenses da área, além do painel de abertura ‘Caminhos para uma Comunicação Democrática no Maranhão’, ministrado pelo governador Flávio Dino e o secretário Nacional de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Emiliano José. O governador explicou que a realização do evento foi importante para fortalecer a radiodifusão comunitária no Maranhão, dando possibilidade de que rádios que já atuam, quebrando o monopólio midiático, possam adquirir as concessões e serem reconhecidas legalmente. “A democratização dos meios de comunicação é necessária, e o evento ajuda para que os profissionais tenham acesso à informação, meios e caminhos para essa democratização”, destacou o governador.
O Seminário foi realizado pelas Secretarias de Assuntos Políticos e Federativos (Seap) e de Comunicação Social (Secom), em parceria com o Ministério das Comunicações e a Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (Abraço). No centro do debate, o tema ‘Orientações para Novas Outorgas’ envolveu comunicadores populares de 29 municípios maranhenses contemplados no PNO e de mais 11 municípios de integram o Plano de Ação Mais IDH. O professor de Comunicação Social da Universidade Federal do Maranhão, Ed Wilson Araujo, que é coordenador de formação da Abraço, avalia que o cenário das rádios comunitárias, que durante anos sofreram perseguições, começa a avançar, tendo o diálogo direto – e inédito – com o Governo do Estado e Ministério das Comunicações.
“O cenário das rádios comunitárias no Maranhão, de 1998 para cá, desde a fundação da Abraço, já passou por uma série de momentos. Momento de muita repressão, quando muitas rádios comunitárias eram fechadas pela Polícia Federal e eram objeto de fiscalização da Anatel. Este momento da repressão abrandou um pouco. Estamos vivendo um novo momento de reconstrução, de abertura de parcerias com o Governo do Estado. Pela primeira vez temos aqui executivos do Ministério das Comunicações dialogando com o movimento de rádios comunitárias, para explicar esse momento novo, da redução da burocracia. Todo esse processo é fruto de muita luta”, explicou o militante e estudioso do tema. Atuando em rádios comunitárias há 15 anos, o radialista Neuton César, coordenador de relações institucionais da Abraço, defende que a principal marca deixada pelo Seminário é a possibilidade de diálogo. “O momento é importante porque, primeiro, a gente sai do anonimato e passa a entrar na mesa de diálogo. E, segundo, porque a gente consegue fazer isso sem intermediário e agora dialogamos diretamente com o Governo do Estado e Ministério das Comunicações. Assim, há a quebra das amarras com o coronelismo midiático, e isso é democratização”, defendeu o radialista.
Vindo de Maracaçumé, cidade que disputa concessão no PNO, o radialista José de Ribamar Sampaio, o Zequinha Sampaio, relatou que levará todo o conhecimento apreendido e a esperança de dias melhores para as rádios comunitárias locais. “É um momento muito importante, porque aqueles que já não acreditam mais passam a acreditar, ficamos mais otimistas de que esse diálogo vai se concretizar. É uma oportunidade de trabalhar na legalidade”, apontou Zequinha.  Representando os profissionais de uma das 11 cidades do Plano de Ações Mais IDH a participar do evento, o radialista Plácido Nascimento, de Pedro do Rosário, relata que é muito frágil a situação da comunicação no município, que enfrenta uma dura realidade. “O nosso objetivo ao participar desse momento é para que as rádios da cidade cumpram seu papel de rádio comunitária, nós queremos fazer a diferença para a população da nossa cidade”, destacou Plácido.
O Ministério das Comunicações lançou, durante o Seminário, um novo Plano Nacional de Outorgas para emissoras comunitárias e educativas. A intenção é desburocratizar o processo de concessões e aumentar o número de emissoras para garantir que a população tenha maior acesso à comunicação pública. Ao todo, 761 municípios serão contemplados com rádios comunitárias. Atualmente, as rádios comunitárias estão presentes em 3.781 municípios. O objetivo do plano é ampliar o serviço para 4.277 cidades, o que representa 77% dos municípios brasileiros. Quanto às rádios e TVs educativas, 235 cidades serão beneficiadas – 205 novas outorgas para rádios FM e 30 para TVs com fins exclusivamente educativos.

24 de set de 2015

MUNICÍPIO RECEBE MAIS DOIS ÔNIBUS DO GOVERNO FEDERAL

Acabou de chegar em nossa cidade mais dois ônibus do programa ‘Caminhos da Escola’, do governo federal. Conformo já havíamos antecipado neste blog no início do ano, segundo informações da Semed, o município teria se habilitado a mais quatro ônibus a serem acrescido à frota já existente do município nesta gestão num total de sete veículos, totalizando mais quatro comprados na gestão anterior, perfazendo hoje uma frota de 11 ônibus escolares disponíveis aos alunos do Ensino Fundamental e Médio do município.
Além disso, mais três veículos são alugados pra comportar a demanda reprimida de nossas necessidades. Com esta frota o prefeito e o secretário de educação, Raimundo Aguiar, esperam fechar este ciclo. “Estes dois veículos são de maiores tamanhos e deverão ser usados em áreas da zona rural que mais demanda alunado”, de acordo com o gestor municipal.
Em recente reunião com o Ministério Público, o prefeito teria acordado uma reunião com os pais e alunos afim de buscar junto a estes melhor cuidado com os veículos, haja vista ao término do período letivo a administração tem que fazer imensos esforços para recuperar a parte interna dos veículos, bem como peças e estofados pela ação predatória de alguns alunos do patrimônio público e isso, segundo o prefeito, é crime e serão punidos na forma da lei, dai um acordo firmado entre administração e MP com propósito de disciplinar essas ações violenta contra os veículos.
Só nesta gestão são 11 ônibus e micro-ônibus escolares, uma patrulha mecanizada (uma pá carregadeira, uma motoniveladora, duas retrô escavadora, um carro pipa, uma caçamba), duas ambulâncias, uma caminhonete Chevrolet e um corsa classic. Totalizando 21 veículos leves e pesados.
Folha de SJB

18 de set de 2015

SEPAQ VAI IMPLANTAR PÓLOS AQUÍCOLAS DE CARCINICULTURA EM SJB, VIANA E ANAJATUBA


A Frente Parlamentar em Defesa da Pesca e da Aquicultura, presidida pelo deputado Júnior Verde (PRB), realizou reunião, na tarde desta quarta-feira (16), na sala das Comissões, para debater  a proposta de um Projeto de Lei que dispõe sobre o fomento, a proteção e a regulamentação da carcinicultura (criação de camarão) no Estado do Maranhão. Participaram o secretário de Estado do Meio Ambiente (SEMA), Marcelo Coelho; o secretário adjunto de Estado da Pesca e Aquicultura (SEPAQ), Luís de Moraes; o ex-secretário de Estado do Trabalho e Assessor Parlamentar do deputado José Inácio, José Antonio Heluy; o Assessor Especial da SEPAQ, José de Ribamar Rodrigues Pereira; o professor do curso de Oceanografia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e especialista em carcinicultura, Walter Luís Muedas; o aluno do curso de Oceanografia da UFMA, Guilherme Marques e o Presidente da Cooperativa de Carcinicultores do Estado do Maranhão, Chico da Pesca.
“A carcinicultura é um investimento que pode representar a redenção do Maranhão. Estamos apenas iniciando uma discussão de um grande atrativo de investimento para o desenvolvimento do Maranhão, que pode ser a carcinicultura, por que não?”, declarou Júnior Verde ao abrir a reunião e propor o debate. Em seguida, o secretário de Estado do Meio Ambiente disse que estava sendo dado “o pontapé” inicial na discussão de uma importante proposta de desenvolvimento do Maranhão, da qual a SEMA é um ator institucional fundamental e que se coloca como parceira dos demais atores envolvidos. “Temos que desmistificar a questão de que o empreendimento da carcinicultura esbarra sempre na questão do licenciamento ambiental. A dificuldade não é de licenciamento ambiental”, defendeu.
Para o secretário de Estado Adjunto da Pesca, o Maranhão tem potencial para ser o maior produtor de camarão do mundo.  Ele revelou que a SEPAQ vai implantar Pólos Aquícolas de Carcinicultura em áreas de teso (áreas que encharcam, mas não inundam), localizadas nos municípios de Viana, Anajatuba e São João Batista, numa área abrangendo 56 mil hectares. “Esses projetos foram amplamente debatidos, em audiências públicas, com os agricultores familiares locais”, esclareceu. Por sua vez, Chico da Pesca declarou que a iniciativa da reunião anima os poucos carcinicultores que exploram essa atividade econômica, pois abre perspectivas de implantação de uma política pública. “Hoje, no Maranhão, o maior medo do carcinicultor é com a licença ambiental. Precisamos do apoio governamental para fazer avançar a carcinicultura em nosso estado”, assinalou.
O professor Walter Luís Muedas afirmou que o maior entrave da carcinicultura, no Maranhão, é a falta de se trabalhar junto. “Temos que formar o que se chama de Clusten, ou seja, juntar todos os atores interessados no ramo da carcinicultura e realizar ações planejadas e integradas. O potencial da carcinicultura do Maranhão é um dos maiores do mundo. Vejo o estado do Maranhão como um pobre sentado num trono de ouro, isto é, é pobre porque quer ser. A carcinicultura poder gerar mais de 200 mil empregos diretos e indiretos”, argumentou. Segundo dados apresentados pelos debatedores, estudos revelam que a carcinicultura pode gerar uma média de 3,75 empregos diretos e indiretos, por hectare, na cadeia produtiva. No Maranhão, só com apenas 10% de aproveitamento do nosso potencial, seriam gerados 281 mil novos empregos.
De acordo com o Zoneamento Costeiro realizado em 2004, no governo de José Reinaldo, a área com potencial para a carcinicultura em nosso estado chega a mais de 750 mil hectares. O Equador, que é sexto maior exportador de camarão do mundo, explora uma área de 283.560 km² e produz 210 mil toneladas/ano, enquanto que o Maranhão, explora uma área de apenas 159 hectares e produz somente 253 toneladas/ano, embora disponha de uma área de 331.983 Km² com potencial. Foram aprovados por unanimidade os seguintes encaminhamentos: realização de uma audiência pública dia 30 de setembro, nos municípios de Humberto de Campos, com os carcinicultores da região; encaminhar para SEMA, para análise e parecer, a minuta do Projeto de Lei em discussão; propor à SEMA que regularize os projetos consolidados de carcinicultura e convidar o Serviço de Patrimônio da União (SPU) para participar da audiência pública.

15 de set de 2015

MAIS DE 3 MIL PESSOAS SE INSCREVEM NO CONCURSO DE SÃO VICENTE FERRER

Mais de 3 mil pessoas se inscreveram no Concurso Público da cidade de São Vicente Ferrer. A Prefeitura Municipal de São Vicente Ferrer, Estado do Maranhão, publicou edital de concurso público n° 001/2015, com a finalidade de ocupar 311 vagas, sendo 240 imediatas e 68 cadastro de reserva, para profissionais de todos os níveis de ensino. Do total de vagas abertas, três serão para pessoas com deficiência. O órgão responsável pelo concurso recebeu exatamente 3.019 inscritos no geral.
O concurso público está sendo realizado pela CONSEP – Consultoria e Estudos Pedagógicos Ltda. Os salários vão até R$ 4.344,00 em carga horária de 20 a 40 horas semanais. As oportunidades são para os cargos de Auxiliar de Limpeza, Motorista Cat ‘D”, Motorista Cat ‘B”, Vigia, Gari, Lavador de Roupa Hospitalar, Cozinheiro de Hospital, Artesão Bordador, Auxiliar Administrativo, Digitador, Guarda Civil Municipal, Técnico de Laboratório em Patologia Clínica, Técnico em Radiologia, Agente de Saúde Pública, Técnico em Enfermagem, Técnico em Enfermagem da ESF, Técnico em Saúde Bucal ASB, Professor de Educação Infantil e demais cargos.
Por meio do segundo aditivo foram reabertas as inscrições que foram realizadas até o dia 4 de setembro de 2015, pela internet, no endereço www.consep-pi.com.br. As provas objetivas serão realizadas provavelmente no dia 27 de setembro de 2015, às 9h (horário local), com três horas de duração, sendo este horário o limite para ingressar no local de aplicação das provas. Os locais de aplicação das provas objetivas serão divulgados até dia 21 de setembro de 2015, na sede da Prefeitura de São Vicente Ferrer e no site www.consep-pi.com.br.
O gabarito preliminar será divulgado na data prevista de 28 de setembro de 2015. Já o resultado final sairá na data provável de 09 de novembro de 2015. O prazo de validade do concurso será de 02 anos, a contar da data de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período. A lista de inscritos pode ser acessada

7 de set de 2015

CONFERÊNCIA DE JUVENTUDE É REALIZADA EM SÃO JOÃO BATISTA

Debater o que os jovens pensam e querem para a cidade de São João Batista. Este foi um dos objetivos da 1ª Conferência Municipal de Juventude da nossa cidade, que foi realizada nesta quinta-feira, dia 3 de setembro, no Centro de Convenções e Informática da Juventude. O evento foi organizado pelo Conselho Municipal de Juventude e Secretaria Municipal de Cultura e Juventude, com apoio da Prefeitura Municipal, Fórum da Juventude e Secretaria Estadual de Juventude.
Diversas autoridades municipais e estaduais prestigiaram a solenidade de abertura, que contou com as presenças do presidente do Conselho de Juventude, Jailson Mendes; chefe de Gabinete e representante do prefeito, José Mendes Everton, dos representantes da Secretaria Municipal de Cultura e Juventude, Fernando Santos e Eduardo Costa; presidente da Câmara Municipal, vereador Louro; da promotora de justiça, Maria do Nascimento Carvalho; da secretária de estado da juventude e representante do governador Flávio Dino, Tatiana Pereira; do vice-coordenador do Fórum da Juventude, Raimundo Nonato; da representante dos Grêmios Estudantis, Gilmara Santos e dos secretários municipais, Aguiar Santos e Carlos Figueiredo.
Além destes, que estavam na mesa de abertura, jovens representantes de diversas organizações se fizeram presentes como membros da Casa da Cultura, Sindicato dos Trabalhadores, Ligas Esportivas, Grêmios Estudantis, Tambor de Crioula, Grupos de Jovens de Associações, Igrejas Evangélicas e Católica, Grupos de Capoeira, Companhias de Teatro, Comunidades Quilombolas e Comunidades de Matrizes Africanas, além dos vereadores Luiz Everton, Cristina Figueiredo, Mecinho e representantes de secretarias municipais, destacando a secretária de Assistência Social, que com todo a sua comitiva, se fez presente, e membros das secretarias de Educação, Saúde, Agricultura, Administração e outras.
A conferência começou com uma apresentação cultural do Fórum da Juventude  e logo após a formação da mesa de abertura, com a entoação dos hinos brasileiro e municipal. O primeiro a falar foi o presidente do conselho, Jailson Mendes, que deu por abertos os trabalhos do evento e agradeceu a presença das autoridades e do público presente.  “É muito importante o jovem participar e debater a política pública em nosso município e a Conferência é uma oportunidade para isso”, afirmou o presidente. Logo após, o secretário de juventude, Fernando Santos também falou e destacou o trabalho importante e os avanços conquistados nos últimos três anos neste Governo Municipal e agradeceu o prefeito Amarildo Pinheiro por acreditar na juventude. Representando o gestor, Zé de Beija usou da palavra e disse que estava muito feliz com o sucesso da conferência e justificou a ausência do prefeito municipal.
No mesmo embalo e destacando o papel da juventude, discursaram o presidente câmara, vereador Louro e os secretários municipais, Eduardo Costa, Aguiar Santos e Carlos Figueiredo. Com uma fala destacada e aplaudida, a promotora de justiça também agradeceu o convite e foi categórica ao afirmar que todos os avanços obtidos até agora eram frutos de um trabalho sólido e sincero realizado pelo Fórum da Juventude e demais organizações juvenis em São João Batista e num ato simbólico vestiu a camisa da conferência dizer que 'literalmente vestia a camisa da juventude deste município'. Não diferente, a secretária de estado da juventude usou da palavra e também destacou o trabalho da juventude joanina em busca de novos tempos e oportunidades para todos. Tati Pereira falou sobre o trabalho da Seejuv e do governador Flávio Dino e comentou que estão sendo realizadas diversas conferências municipais por todo o Maranhão.
Já por ultimo falaram o vice-coordenador do Fórum da Juventude, Raimundo Nonato Pinheiro, que agradeceu a presença de todos e falou sobre as ações e os objetivos da organização pioneira no trabalho com jovens; e logo após, pra encerrar falou a representante dos Grêmios Estudantis, Gilmara Santos, que cobrou ações mais urgentes para a comunidade escolar. A conferência seguiu com a aprovação do Regimento Interno, lida pelo conselheiro Denis Abreu, e pelas palestra da secretaria de juventude e Comjuv, feita por Fernando Santos e Jailson Mendes, e logo após a conferência magna, proferida pela secretária de estado da juventude, Tati Pereira, que abordou ações do Governo do Estado em prol da juventude do Maranhão.
A tarde, os trabalhos de grupos discutiram propostas para melhorar a nossa cidade e elegeram dezenas delas para as esferas municipal, estadual e nacional. Dentro delas, se destacam a separação da Secretaria Municipal de Juventude e Cultura, dotação orçamentária para estas secretarias, reativação da casa de música, criação da Casa dos Conselhos, criação de cursos e campanhas educação e de combate as drogas, criação da Câmara Jovem, dentre outras que serão encaminhadas ao prefeito municipal e por sua vez, à Comissão Organizadora Estadual. A Conferência Municipal de Juventude é um amplo processo de debate e participação sobre o que a juventude quer para a cidade. “É um espaço para discutir, analisar e reivindicar ações para os Poderes Públicos locais. Acredito ser essa a missão que vai fazer de São João Batista uma cidade cada vez melhor”, destacou o presidente do Comjuv, Jailson Mendes.
Ao reafirmar o compromisso com as políticas públicas para os jovens, o secretário de Juventude apoio à iniciativa. “Quero reiterar que o nosso compromisso de trabalhar para oferecer perspectivas para os jovens para que eles possam trabalhar e viver condignamente. São em espaços como este que construímos uma sociedade mais representativa e democrática”, afirmou Fernando Santos. Para o membro da Comissão Organizadora e conselheiro de juventude, Denis Abreu, a iniciativa revela que os jovens querem ser atores principais e não coadjuvantes nas discussões que envolvem a cidade. “Parabenizo a iniciativa de fortalecer o combate a todas as formas de preconceito contra os jovens de todas as idades. A Conferência mostra que os jovens querem participar ativamente da sociedade”, disse. 
De acordo com a organização, participaram pessoas entre 18 e 29 anos de idade, que discutiram os direitos dos jovens nas áreas de educação, saúde, participação social, esporte e lazer, segurança pública e paz, meio ambiente, direito à comunicação, território e mobilidade, trabalho e diversidade e igualdade. No final, antes da apresentação da Cia SJB, foram eleitos os jovens Jailson Mendes, Laercio Freire e Dielson Santos (Sociedade Civil) e Fernando Santos e Marcela Arouche (Poder Público) para representarem a nossa cidade na Conferência Estadual de Juventude, que será realizada no mês de outubro, em São Luis.

Folha de SJB

2 de set de 2015

CONFERÊNCIA DE JUVENTUDE VAI DISCUTIR AS VÁRIAS FORMAS DE MUDAR SÃO JOÃO BATISTA

Com o objetivo de discutir as várias formas de mudar a cidade de São João Batista, o Conselho de Juventude e a Secretaria Municipal da Juventude e Cultura realiza, nesta quinta-feira (3), I Conferência Municipal da Juventude. A conferência será realizada no Centro de Convenções e Informática da Juventude, na rua 'Major Figueiredo' e começará a partir das 8 horas da manhã.
Durante o evento, serão discutidos os objetivos da juventude sobre os eixos temáticos que incluem cidadania, participação social e política, educação, profissionalização, cultura, comunicação, liberdade de expressão, saúde, diversidade e igualdade, meio ambiente, mobilidade e segurança pública, e tem presença confirmada de várias autoridades doestado, como a secretário estadual de juventude, Tati Pereira; e de autoridades municipais como o prefeito Amarildo e a promotora de justiça, Maria do Nascimento.
Nesta primeira conferência, 05 delegados serão eleitos para representar a cidade na III Conferência Estadual da Juventude do Maranhão, que acontecerá em outubro, em São Luis e já foi convocada pelo Governo do EstadoEles levarão temas levantados ao longo da conferência municipal para o debate.
Após o encontro estadual, será realizada a 3ª Conferência Nacional da Juventude, em Brasília, com os temas levantados em cada estado junto às propostas enviadas por jovens de todo o Brasil. Participe!!!

Folha de SJB