26 de jul de 2011

EXCLUSIVO: SINDPROF VAI DISCUTIR PARALISAÇÃO

Israel Melônio
O Blog recebeu uma cópia do Edital de Convocação do Sindicato dos Professores Públicos Municipais de São João Batista, que se reunirá no próximo dia 05 agosto para discutir vários assuntos, entre eles a Paralisação das Atividades Educacionais. O SindProf é presidido pelo professor Israel Melônio.
De acordo com as informações da Equipe de Reportagem deste blog, o sindicato que representa os professores já se reuniu várias vezes com a prefeita Surama Soares e a secretária de educação Cleana Santos Jacinto, mas ainda de acordo com as informações, alguns acordos com a gestão não estariam sendo cumpridos. De acordo com a cópia do documento, a reunião será realizada no dia 05 de agosto no Centro de Convenções João Furtado Dominici, ás 17:00 horas. Confira a ordem do dia.

  • Reajuste Salarial 2011
  • Não aplicação dos 60% dos recursos do Fundeb
  • Prestações de Contas dos Recursos do Fundeb
  • Ações Judiciais Trabalhistas
  • Paralisações das Atividades Educacionais
  • Ajuizamento de Ações Judiciais ao MPF
  • Outros assuntos de interesse da categoria.
Durante o primeiro mandato do ex-prefeito Eduardo Dominici a categoria entrou em greve. Mais informações podem ser tiradas na sede provisória do SindProf na Rua Nova, número 41, centro de São João Batista. Mais informações no Twitter da Agência.

EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB
O que você achou?

5 COMENTÁRIO:

  1. Aé? agora vão discutir paralisação?

    ResponderExcluir
  2. Por já paralisariam hoje mesmo...

    ResponderExcluir
  3. ESSE SINDICATO, NÃO FALA DO CONCURSO PORQUE?
    A MELHORIA DA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO, TAMBÉM NÃO ESTÁ EM PAUTA, ENTÃO COLOQUEMOS O CONCURSO OU FAÇAMOS ALGUMA MENÇÃO SOBRE O MESMO.
    OU VOCÊS SÓ PENSAM EM SALÁRIO, SERÁ QUE SÃO EGOÍSTAS E MERCENÁRIOS?

    ResponderExcluir
  4. CRONICA DE UMA MORTE ANUNCIADA

    Um trago, um gole , mais uma tragada e uma outra farra. Nas narinas, um fumacê rodopiando, por que a juventude imagina que tudo pode, até mesmo beijar a morte pelos acorde de um porre.

    O álcool, o ópio, o crack, a cocaína, esse rosário ilusionário escancarado à juventude avança, por que esta apresenta-se tropega, como se fosse órfã, covarde, avacalhada, sem rumo, desorientada, sem mantra, sem ideal, afobada e afogada em suas mantucas.

    Um menino sorrir, um outro canta, um outro rebola, debocha, um outro, abusa do reabusar, e assim eles chegam à fama , e sobe aos degraus do populesco, sonhando, desvairando-se, sob aplausos oportunistas, mesclando olhares esquisitos e pensamentos estuprados, dormentes, sem nenhum amparo psico Educacional.

    O álcool, o ópio, o crack, a cocaína, é a via dolorosa rumo ao fracasso, à frustração e ao óbito. Ao jovem cabe virar o olhar pela vida, para o angulo da felicidade, e lapisar os seus desejos, ainda que seja em uma simples folha de papel amarrotado.

    Alguns abrevia a própria vida, por imaginar que o glamour, é a face bizarra dos escândalos. A esses manuéis-de-barro, que acha engraçado ser indecente, imoral, indecoroso, nada lhe resta, senão abraçar-se à sua deusa "Drogas", e fincar-se sepultura abaixo, ainda que seja um artista ou um joão-ninguém.

    E assim, nesse enredo com autoria, como terias o que querias, faz-me crer, que logo logo, se compará maconha em tabacarias.

    Ponto Final

    ResponderExcluir