14 de jul de 2011

POUCAS E BOAS DE BATISTA AZEVEDO

Saindo na frente...
O grupo do ex-prefeito Eduardo Dominice não está dormindo como parecia até então. As articulações com vistas às eleições do próximo ano já começaram. Duas reuniões já foram realizadas com a militância mais chegada. A primeira deu o pontapé inicial com vistas a escolha de um bom nome para disputar as eleições contra a atual prefeita Surama Soares. A segunda reunião, ocorrida no último sábado (09/07), já contou inclusive com a presença de alguns dos pretendentes. Lá estavam Eduardo Gomes, que segundo atestam alguns entendidos em Direito Eleitoral, é carta fora do jogo, o vereador Raimundinho Machado, Willame Barros e  o ex-vereador Luiz Everton, todos desejosos por serem o escolhido do grupo. Como convidado para a reunião, lá também esteve o Dr. Amarildo Pinheiro, forte liderança política e dono de um cacife eleitoral respeitável.
Ao final, todos ficaram convencidos de que é preciso marchar juntos, se quiserem chegar lá outra vez. Outras reuniões acontecerão, com vistas à ponderação do nome que reunirá as melhores condições para ser o candidato do grupo. Tudo leva a pensar que o bom-senso e a inteligência devem prevalecer!
É o que se espera...

Fazendo a diferença
O vereador Assis Araújo está fazendo a diferença na Câmara de São João Batista no cumprimento de seu mandato. É digno dos maiores aplausos e elogios o projeto de Lei de sua autoria que instituiu o “Dia Municipal de combate às Drogas”. Com esse projeto espera-se que as demais instituições que estão no alcance de discussão desse tema, possam alavancar situações de debates, palestras, seminários e até campanhas de prevenção a este grande mal que assola a nossa juventude: as drogas.
O Projeto aprovado por unanimidade por todos os seus pares segue para a sanção do executivo. Sancionado, o Projeto vira Lei, e fica então instituído o dia 06 de setembro como o “Dia Municipal de combate às drogas”.
Boa iniciativa. Parabéns!

Quando a Frente Parlamentar esteve em SJB
Uma coisa ficou notória quando a frente parlamentar em defesa da Baixada Maranhense esteve em audiência pública em São João Batista: ouviu-se muita asneira! Foi um verdadeiro festival de “não-sei-o-quê-não-sei-o-quê” (como diria Antonia Freitas)! Foi uma chuva de discursos ruins proferidos por algumas de nossas ditas lideranças municipais e até por autoridades constituídas. Poucas foram as boas sugestões para solucionarem os muitos problemas que afligem a população da baixada. Aliás esperava-se que ali fossem elencados os problemas de ordem do Estado e não dos municípios. Os problemas municipais devem ser cobrados dos mandatários municipais, no âmbito das câmaras municipais.
Por outro lado valeu como uma grande “tribuna”, onde o povo falou o que quis, e os nobres Deputados estavam ali, ouvindo o que queriam e o que não queriam.
Só esperamos que a coisa não fique só no discurso e que, quando da realização dos grandes projetos, as instituições governamentais e não governamentais existentes no território da Baixada Maranhense, como O Portal da Educação, A Porteira da Baixada, Os Fóruns da Juventude, entre outras, e a sociedade civil organizada, possam estar presentes nas discussões.

Ô home má!!!
Certamente seria assim que diria o saudoso senador MACK (Nazário) ao se referir ao Prefeito de São Vicente Férrer, Cabo Freitas, que está deixando o seu vice, Vicente Arouche, a quase 10 meses sem receber o seu salário de vice-prefeito. Por estas e outras maldades, o prefeito Freitas enfrenta processo que pede o seu afastamento da Prefeitura por atos de improbidade administrativa.
Cá pra nós, a nossa vizinha São Vicente Férrer não tem sorte com seus Prefeitos. Deus me livre. Fonte: São João Batista Online
O que você achou?

5 COMENTÁRIO:

  1. Ô seu Batista! São João Batista, não é órfão dessa falta de sorte do Município vizinho, nós não temos sorte nem com prefeitos assim também como não temos sorte com secretários de educação.

    ResponderExcluir
  2. CABO FEREITAS É UM ANJO, PERTO DA PREFEITA DE SAO JOAO BATISTA!

    ResponderExcluir
  3. Só quem não conhece Surama para dizer que Cabo Freitas é mal, "só que esse não o seu caso JB".

    ResponderExcluir
  4. BEN FÊ- assim diria o senador Nazário.
    Todo trabalhador é digo do seu salário. Pimenta nos olhos do outro é refresco.O que dirão os funcionários da prefeitura que deixaram de receber seus vencimentos na época que o Sr. Vicente Arouche era prefeito de São Vicente Férrer.

    ResponderExcluir
  5. É um erro comparar, a "Prefeita" daqui alem de má é mentirosa, prometeu à comissão de concursados que iria rever o caso do concurso e até agora nada, ô prefeita sem coração!

    ResponderExcluir