26 de jan de 2016

PROGRAMA BOLSA ESCOLA EM SÃO JOÃO BATISTA

Apenas dois estabelecimentos comerciais estão aptos a operar o Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família), que é um programa do Governo do Estado do Maranhão, executado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, que consiste na complementação de renda às famílias maranhenses. De acordo com as informações, o programa tem o objetivo de garantir às crianças e adolescentes, de 4 a 17 anos, condições mais adequadas de frequentar a escola. Anualmente, as famílias receberão o recurso, nos meses de janeiro, com a finalidade exclusiva da compra de materiais de uso escolar.
Através do Fundo Maranhense de Combate à Pobreza (Fumacop), o Governo do Estado está investindo R$ 57 milhões para que crianças e jovens possam escolher materiais escolares, como: lápis de cor, mochila, tênis, caderno, borracha, caneta. “Esse é um direito que todos os estudantes têm de ter, um bom calçado para ir à escola ou de colorir o caderno pela primeira vez”, afirma o governador Flávio Dino, ao explicar que as medidas para inclusão social estão entre as prioridades da gestão.
Para receber o recurso do programa estadual Bolsa Escola, as famílias não precisam se credenciar, já que a seleção será automática a partir do Cadastro Único e do Censo Escolar. Ainda este ano, todas as famílias beneficiadas receberão o cartão de débito do Bolsa Escola nos seus domicílios. A validade do cartão será de 90 dias a partir do recebimento do benefício de R$ 46,00 por filho, em idade escolar.
Com o Cartão do Bolsa Escola, que chegará na casa de todas as famílias beneficiadas, o material escolar poderá ser adquirido em estabelecimentos comerciais no próprio município. Para isso, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social vai cadastrar empresas dos municípios maranhenses que já vendam material escolar. Podem ser comprados todos os tipos de material escolar: desde lápis, cadernos e mochilas até os itens de uniforme, como, calçados, calças e camisas. Em São João Batista, os comércios ‘Peniel Variedades’ e Comercial Noele’ estão aptos a operar o programa em nossa cidade.
O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário