28 de out de 2015

DEU NO ‘O IMPARCIAL’: FESTIVAL DE ANIMAÇÃO ACONTECE EM SÃO JOÃO BATISTA E OUTRAS CIDADES

São Luís e mais três cidades maranhenses integram a programação do Dia Internacional da Animação, que acontece simultaneamente em 250 cidades do país. Celebrado em 28 de outubro (quarta-feira), a 12ª edição da mostra apresenta curtas-metragens de desenhos animados brasileiros e internacionais. Em São Luís, a mostra acontecerá no Cine Praia Grande,em três sessões, iniciando às 19h30, com entrada franca. Animações antigas como O Átomo Brincalhão (1961, Roberto Miller), Ed (2013, Gabriel Garcia) e Castillo Y El Armado (2014, Pedro Harres) estão na programação nacional.
Dia internacional da Animação
O Dia Internacional da Animação (DIA) é o maior evento de cinema simultâneo do Brasil.
Além de acontecer em 250 cidades brasileiras, é realizado em mais 40 países, como França,Portugal, Índia, Polônia, Rússia, Hungria, Israel, Egito, Suécia,Canadá e EUA.“Uma das grandes forças do Dia Internacional da Animação é a exibição de filmes não só nos grandes centros, como em muitas cidades do interior do Brasil, fazendo parte do calendário cultural de vários municípios que não têm salas de cinema”,ressalta Fabiano Florez, produtor nacional do evento.
Para Raffaele Petrini, diretor do Cine Praia Grande e coordenador da mostra do DIA em São Luís, esse tipo de evento é importante para a formação de plateia. “É importante criarmos espaços para a fruição do cinema de animação do Brasil, como também democratizar o acesso ao cinema através de exibições gratuitas abertas à comunidade. O foco do Cine Praia Grande é justamente este: formação de plateia, para todas as idades,classes sociais e gostos cinematográficos” diz. O DIA tambémacontece nos municípios de Imperatriz, São Bento e São João Batista. Em São Luís, vão ser exibidas as mostras nacional, infantil e internacional.
“Outras sessões com outros filmes serão integradas no Festival Maranime, que começa na próxima semana,de 3 a 7 de novembro. O DIA tem o objetivo de difundir o cinema de animação nacional em todas as regiões do país, proporcionar o contato do público com o trabalho de diretores brasileiros, estimular debates, revelar talentos, despertar o interesse do público e propiciar o intercâmbio entre filmes paulistas, nacionais e estrangeiros, fortalecendo os laços com os países integrantes da Associação Internacional do Filme de Animação (Asifa) e divulgar os filmes nacionais no exterior.
O evento também gera a integração cultural em todas as regiões do país, mobilizando diversas comunidades e facilitando a inclusão e o acesso da população à cultura. Gratuito e aberto ao público, o evento tem realização nacional da Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA). O DIA traz um panorama da animação brasileira, apresentando curtas de todos os cantos do país e com diferentes técnicas de animação, pautado da diversidade de técnicas e linguagens. Entre as técnicas utilizadas pelos produtores, estão desenho sob película, 2D, 3D, Stop Motion, animação com objetos, Pixelation e desenho sobre papel.
Neste ano, foram inscritos 180 curtas-metragens de animação de todo o país, sendo cinco selecionados para a Mostra Nacional e dez para compor a Mostra Infantil. Completando a
Mostra Nacional e com o objetivo de resgatar a história do cinema de animação nacional, a coordenação de júri resgatou o filme O Átomo Brincalhão, de 1964, produzido pelo diretor Roberto Miller. Com informações do Jornal O Imparcial.
Folha de SJB
O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário