3 de set de 2013

POPULAÇÃO RECLAMA DE ATENDIMENTO NO BANCO DO BRASIL

Depois do prefeito de Cajapió, Nonato Silva, dizer que vai retirar todas as contas do município do Banco do Brasil, agora quem reclama é a própria população de São João Batista. Lentidão na fila e demora no atendimento são alguns dos problemas .
Esta agência atende também os municípios de São Vicente, Olinda Nova, Cajapió e outros. Um outro problema que deixa os clientes furiosos são as constantes faltas de dinheiros nos caixas eletrônicos de auto-atendimento. Na agência do Banco do Brasil em São João Batista existe apenas quatro terminais, mas as vezes funcionam apenas dois que podem fazer saques.

De acordo com o professor Junior Valdez, um dos reclamaram da agência, "muitas senhoras e senhores ficam falando que chegam desde cedo na agência, mais quando vão ser atendido tem muita gente, principalmente período de pagamento desses idosos". O atendimento interno só começa às 10 horas e termina à tarde.

Para o professor isso é um absurdo o que está acontecendo numa agência bancária. "Hoje no banco você pega duas filas para o atendimento interno, fora uma fila pra pegar senha e depois retorna pegar outra fila dentro. Isso é um absurdo", afirmou o professor da Rede Estadual de Ensino.

Blog Folha de SJB procurou a gerência do Banco do Brasil para saber mais sobre o assunto. Em conversa informal com o titular do blog, em uma rede social, o gerente da agência aqui em São João Batista, Cesar Neto, disse está procurando medidas para melhorar o atendimento.

"A agencia abre as 10 horas da manhã para atendimento ao publico. Nos dias de pagamento de aposentados colocamos os que vão revalidar a senha as 9 horas para o atendimento interno.Infelizmente em relação aos terminais logo cedo estarem alguns sem dinheiro, ocorre que há uma limitação de numerário", explicou o funcionário.

Fonte: Folha de SJB 



EQUIPE DE REDAÇÃO DO BLOG DA AGÊNCIA DE SJB
O que você achou?

1 COMENTÁRIO:

  1. Simples de resolver: o Banco do Brasil tem recorde de lucros conforme noticiado pela mídia, então é só abrir mais uma agência no Paulo VI para desafogar o centro. Creio que não vai onerar tanto um banco que é de capital misto e que arrecada tanto com taxas e mais taxas, melhorar seu atendimento!

    ResponderExcluir