5 de abr de 2014

FILHO MATA O PRÓPRIO PAI EM SÃO JOÃO BATISTA

Sete corpos deram entrada no Instituto Médico Legal (IML) de São Luís, nas últimas horas. Procedente do Hospital Municipal Djalma Marques ("Socorrão I"), o corpo de Guilherme Mendonça Andrade, de 31 anos de idade, deu entrada no IML por arma de fogo, crime acontecido no bairro da Liberdade. Vítima de espancamento, o corpo de Severo Bezerra Lopes, de 25 anos, também, deu entrada no Instituto. E vítima, também, de arma de fogo no bairro de Fátima, Hudson Costa Pinto, de 28 anos.
No início da noite, o "Rabecão" levou, ainda, outros quatro corpos: Dione Eduardo Pereira Sousa, de 18 anos, vítima de arma de fogo; M.S., de 17 anos, vítima de acidente de trânsito; José Ribamar Barbosa Silva, de 48 anos, esfaqueado pelo próprio filho, identificado apenas como Valter – e, segundo informações, já foi preso –, no município de São João Batista – a 280 km de distância da capital maranhense –; e Dionildo Bolfort Carvalho, de 40 anos, vítima de arma de fogo no Jaracati II.
Já na madrugada deste sábado (5), um jovem de 22 anos foi esfaqueado na residencial Augênio Pereira, em Paço do Lumiar. Ele foi socorrido e levado ao "Socorrão I", mas não resistiu. E um duplo homicídio foi registrado na região do Maracanã: João Dalmárcio Sousa Santos, de 22 anos, foi assassinado pelo cabo da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) Josilmar Lobo, que estava embriagado e, após disparar contra o jovem, caiu. Testemunhas revoltaras mataram, com sua própria arma, o policial militar. Com informações do Imirante.
Folha de SJB
O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário