28 de nov de 2012

CHICO GOMES FALA SOBRE SECA NA BAIXADA MARANHENSE

O prefeito eleito de Viana, deputado Chico Gomes (DEM)
Chico Gomes

"O gado está morrendo de sede, o pasto morreu, o capim secou, são grandes os prejuízos da população". Foi assim que o deputado Chico Gomes (DEM) descreveu a situação da Baixada Maranhense com a estiagem que também atinge diversas outras regiões do Maranhão. O povoado Beira da Baixa é citado no discurso do deputado.


Segundo Chico Gomes, o período chuvoso foi muito pequeno e com as chuvas escassas os campos e lagos não atingiram o mesmo volume de água dos anos anteriores e mesmo essa pouca chuva escoou rapidamente para o mar. 

Prefeito eleito de Viana, Chico Gomes acrescentou que não há água nos campos do município para alimentar os rebanhos bovinos, ovinos e caprinos criados de forma extensiva. "Os poços cacimbões secaram e os açudes e lagos também", lamentou o deputado em discurso  realizado  na Tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão.

O lago Itans, conforme o parlamentar, se transformou em algumas poças d’água e lama onde nem o gado ousa se aventurar. Outras situações graves foram registradas nos distritos de Guapiaçu, Jetibá e Beira da Baixa nos quais a população está consumindo água mineral vinda de São João Batista, transportada por motocicletas quilômetros a fio. O deputado Chico Gomes fez um apelo à Defesa Civil para que tome medidas no sentido de abastecer a população da região e o gado ali criado.
No final de seu discurso, o parlamentar denunciou que após as eleições o município de Viana foi abandonado, a cidade está cheia de lixo e os funcionários com seus pagamentos atrasados. Na opinião de Chico Gomes ou a administração de Viana assume a responsabilidade que lhe compete até o dia 31 de dezembro ou um outro poder deve intervir para que a cidade não viva no caos em que se encontra, para que os produtores e a população não passem pelas dificuldades que estão passando hoje. Com informações da Assembleia Legislativa.
EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB
O que você achou?

3 COMENTÁRIO:

  1. Prefeito, em vez do seu discursinho pronto na Tribuna da Assembleia, que tal atacar o problema de frente? Enfiar a cara, ações concretas, perfurar poços, buscar alternativas? A seca é um problema que, deveras, se apresenta de forma crônica. Quase todos os anos é a mesma coisa. Engraçado que nos Estados Unidos, a cidade de Las Vegas fica no meio de um deserto e lá a água existe e abastece uma população infinitamente maior do que a nossa. Por que será né?
    Por coincidência, ontem mesmo eu assisti ao Jornal da Globo e uma das reportagens era sobre o abandono das obras de transposição do São Francisco, ou seja, dinheiro público jogado no lixo e aí a Asa Branca bate assas e voa....enfim.
    Essa história de seca, estiagem, de fato, existe porém não é pretexto para que vocês políticos nada façam e cruzem os braços, corroborando para que o povo se torne mais beato ainda e ore, rogue a Padre Cícero que mande chuva. Ora, Srº prefeito, tenha a santa paciência!
    O Maranhão não é o Ceará, aqui há grandes recursos hídricos, bacias hidrográficas a perder de vista mas a contrassenso, o Maranhão mais parece o Ceará de outrora, dos flagelados!
    Enfrentamento, vontade política: eis a fórmula para o sucesso.
    Enquanto isso, nós, joaninos, vianenses, maranhenses sofremos e pagamos o preço pela incompetência de vocês.
    Ah, um adendo: meu chuveiro está sem água

    Profª Márcia Valéria Pinheiro

    ResponderExcluir
  2. essa professora é fera, gosto do jeito como ela fala
    parabens isso ai

    ResponderExcluir
  3. meu amigos, efetivos da prefeitura de sao joão bastista, alguem até hj recebeu a primeira parte do 13º salario.....

    ResponderExcluir