17 de set de 2010

ELEIÇÕES EM SÃO JOÃO BATISTA NA VISÃO DE JERSAN ARAÚJO

O ex-secretário da Prefeitura Municipal de São João Batista e agora sub-secretário de comunicação da Prefeitura de São Luis, Jersan Araújo, escreveu em seu blog- Blog do Jersan como está a corrida eleitoral na cidade.
Colocando altas críticas a nova gestão, que tem como prefeita Surama Soares, a matéria foi direcionada a Roseana Sarney e ao comício que a candidata fez na cidade de São João Batista. Confira a postagem completa.
"Com a aproximação do dia da eleição São João Batista, pequeno município encravado na região da Baixada Ocidental Maranhense foi “invadido” por um grande numero de candidatos a deputado. Pelo menos dez candidatos (uns mais fortes, outros mais fracos) disputam os 13 mil votos que deverão ser apurados dos de 15 mil que certamente comparecerão às urnas.
Os candidatos ao Governo do Estado Flávio Dino (PCdoB) e Roseana Sarney (PMDB) já estiveram aqui pedindo votos. Roseana chamou a atenção pelos dois helicópteros, os carrões e os carros de som que movimentaram a cidade. Durante o comício as vaias e outras manifestações de protesto foram os destaques. A prefeita que ganhou no “tapetão” e o marido dela com os direitos políticos suspensos se mostraram decepcionados. Imaginem como se sentiu a governadora!... Jackson (PDT) ainda não agendou visita ao município, mas deverá passar aqui nos próximos dias.

Além dos candidatos, centenas de joaninos que residem em São Luís e em outras cidades aproveitaram o feriadão para visitarem seus familiares radicados nesta terra cercada de lindos campos e lagos, abandonada pelos sucessivos governos de Roseana Sarney. Até mesmo o projeto de construção de barragens e diques de contenção das águas que seria executado no governo interrompido de Jackson Lago, ela mandou pra o arquivo, para desilusão dos “baixadeiros”.
No palanque de Roseana e Surama, respectivamente, governadora do Estado e prefeita do município de São João Batista, ambas empossadas pela Justiça Eleitoral ficou marcada a ilegitimidade, pois as duas não foram eleitas pelo povo. Chegaram ao poder por via de decisões discutíveis do TER e do TSE.
A governadora Sarney viaja pelos ares e não tem a oportunidade de observar a situação das nossas estradas. A MA-014 está em situação deplorável. O trecho que dá acesso à cidade de São João Batista, está minada de verdadeiras crateras, agravada com a intervenção da Prefeitura que mandou ampliar e aprofundar os buracos que seriam tapados, mas continuam abertos, ameaçando motoristas e passageiros. Foi assim, com esse descaso que os “joaninos” foram recebidos, no feriadão, nesta cidade.
As reclamações contra a prefeita empossada pelo Tribunal Regional Eleitoral – TER – após cassar o mandato do prefeito eleito pelo povo, Eduardo Dominici vão de salários atrasados dos funcionários ao abandono dos setores de saúde e educação. A insatisfação atinge, inclusive, os poucos apoiadores da desastrosa gestão de Surama /Zequnha Soares." disse Jersan Araújo.
É importante frizar que está matéria foi retirada do seu blog. Todas as informações postadas são de responsabilidade do autor. Mais informações no Twitter da Agência de São João Batista- @agenciasjb .


EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB
O que você achou?

2 COMENTÁRIO:

  1. sexta-feira, 17 de setembro de 2010
    O REGIME, AINDA É REPUBLICANO.
    BLOGdojosemariacosta

    Atentai bem.
    O ano é eleitoral, e uma multidão de indesejáveis gestos, invadem a nossa residência via TV, na figura dos mais diversos postulantes, que destilam baboseira, como fosse programa de governo.
    É preciso entender, que esse tempo que chamam de horário eleitoral gratuito, em nada tem de gratuito, por que paga-se uma fábula com impostos, para mantê-lo. E muitos que fazem uso, mais parecem humoristas. Perdão, sei que com tal expressão, estou ofendendo os humoristas, que são comunicadores da liberdade de expressão, do riso e da alegria. Essa joldra, essa patuléia jocosa, pensa apenas em si, em seu umbigo, em sua patota, em sua curriola, e não possui nenhum sentimento de patriotismo ou menos ainda de Amor do próximo.
    Muitos são políticos profissionais que nada fazem, senão a negociação de siglas, tempo em televisão, para que possa usurpar do fundo partidário, e assim ter o poder da chantagem e da negociata. Assim como existem aqueles em que todos da mesma família, fazem carreira, que infiltram-se e contaminam as instituições com o DNA da perversidade, da vingança, da perseguição, e ainda encontra tempo e espaço para pousar de democrata e cristão. E essa corrosão que sofre as instituições, devido ao tempo de uso, essa usura, é que põe em "xeque" a credibilidade de tais, por que não percebe-se um comportamento Republicano.
    No Estado Republicano, o povo é soberano, dirigido por representantes investido nas suas funções em poderes distintos. No Estado Republicano, a coisa é publica, de todos.
    O Estado Republicano, exige alternância no poder, de forma civilizada e democrática. E, quando essa alternância lhes é negada pela força despropocional do Poder Econômico, de um determinado grupo ou mesmo de privilegiadas famílias, ai então, o que seria Republicano, transforma-se em uma ditadura civil. Com esse método, apenas um grupo controla os meios de comunicações, o Legislativo e o Judiciário. Apenas esse grupo, detém a economia do Estado, sem que a Sociedade partilhe dos benefícios ou das migalhas caídas das vaidades e dos "bel-prazeres".
    E, qual é a consequencia disso?
    É o abafa sobre a oposição. É calar, através da força, as vozes rumorosas e escoante das ruas. É ensurdecer-se com o clamor das necessidades dos mais pobres. é atrasar os salários dos servidores publico, e entender que esse comportamento seja normal, e corriqueiro.É deixar uma gerações inteira sem voz, sem esperança, sem rumo e sem conhecimento, apostando nos ventos do atraso, e nos ares da desgraça da desinformação.
    O assistencialismo, é o fomento da miséria, do pedinte. É a esmola legalizada, oficializada, que os demagogo veem como benefício. É a alienação espiritual plena daquele individuo menos esclarecido. Esses fascínoras que aparelham o Estado, tem apenas uma finalidade una: Fustigar, açoitar, o povo com assistencialismo e desconhecimento, para com isso afanar o erário público, e embriagar-se com a brisa da vaidade pessoal. Ai, nascem as ONGs fajutas, as Fundações mambembes e de araques, enquanto o cidadão comum é exposto desdentado, desnutrido, maltrapilho, mal vestido, com fome, com sede, sem alento, sem sonhos, e amplamente alienado e miserável.
    Os ditadores, esses tem medo de um povo informado, progressista, liberal e desenvolvido. Os ditadores, estão sempre querendo calar os blogs, a imprensa livre, a liberdade de informar, o pensamento livre, por que todos teem consciência, que um povo irmanado de "saber" e conhecimento amplo, lhes desapeia do poder.
    O Estado é Republicano, e não pode ser uma carroça, em uma locomotiva, onde não existem jegues.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado pelo comentário.

    Este enriqueceu nossa página. Agradecemos por sempre visitar este blog.

    Jailson Mendes
    Agência de São João Batista-MA

    ResponderExcluir