3 de jan de 2011

"AH SE CHIQUITINHO FOSSE VIVO": PALAVRAS DE MHÁRIO LINCOLN

Esta é a primeira matéria deste blog no ano de 2011. Sem querer fazer apologia política a quem quer que seja, resolvemos fazer uma homenagem ao saudoso Francisco Ferreira Figueiredo, o qual em vida era chamado de Chiquitinho Figueiredo.
Pegamos uma matéria do Site do Mhário Lincoln que fala sobre o ex-prefeito, que era filho do Fundador da Cidade de São João Batista, Major Figueiredo. Confira na íntegra a matéria intitulada de "Ah se Chiquitinho fosse vivo". Confira:

"Ah se Chiquitinho fosse Vivo... Hélcio Silva está no Maranhão. Revisita São Luís, onde foi vereador um monte de vezes. Mas foi ao município de S.J. Batista:"Cheguei com uma leve intoxicação.Se demorar, desanda(...)."As coisas por lá não sairam muito bem. Por isso, texto inédito "O MARQUETEIRO DO GENERAL" com tempero gozador e cheio de humor.Na foto, época em que se fazia campanha eleitoral com dignidade.

O MARQUETEIRO DO GENERAL


(*) Hélcio Silva, articulista político.

Eu sempre disse em São João: “Tudo o que São João tem hoje foi Chiquitinho que fez; o que não tem é porque Chiquitinho esqueceu de fazer...” 

Cheguei de São João Batista, nesta segunda-feira, com um probleminha de saúde. Cedo da noite, fui a uma farmácia do Cohatrac comprar remédio. Na descida pela avenida que termina no Colégio Solução, um grupo que bebia à porta de um bar grita pelo meu nome. Hélcio! Helcio!... Vem cá!...
Cheguei perto, e um deles disse: “Senta aí... Não foste o candidato a vice na chapa de Pedro Fernandes?
- Fui sim, na última eleição.
- Por que abandonaste a campanha?
- Foram tantas as razões que não posso contar agora.  Cheguei de São João com uma leve intoxicação...  Se demorar, desanda...
Sem perder tempo, um outro companheiro, bem amarelinho, sentado mais à frente, disse:  “Conta pelo menos uma... Só uma razão...”
- “Não concordei com aquela história de que, se ele fosse eleito, o povão iria ter pãozinho de graça...  Ele não  é dono de padaria...”
Foi uma risada só... Todos riram, até que o tal do amarelinho, virando-se  para outro amigo, diz: “ Fala Bicudo, o Pedro não é teu amigo?...”
- “Ele é meu amigo desde o tempo do Anil, mas “mentirosinho, mentirosinho” , como quase todos os políticos que estão por aí prometendo o céu pro eleitor...”
Mas o Bicudo não perdeu o embalo e deu uma alfinetada no blogueiro...
- “Hélcio, por que não falaste isso na televisão? Será por que tu eras o padeiro da padaria”...
  Todos riram de novo, inclusive eu, que tive que justificar:
- “Não, Bicudo; eu não era o padeiro... O padeiro foi Degedá, o marqueteiro do general... Na TV, não tive chance de falar. Não fui escalado pelo general”.


SÃO JOÃO: PARAÍSO DE OPORTUNISTASHá muitos anos estou ligado a São João Batista. Toda eleição, principalmente envolvendo candidatos para a Câmara Federal e Assembleia, o número de oportunistas aumenta. Tem gente que se for deixado na Rua Getúlio Vargas, a principal via do município, vai se perder. A cidade se transforma num paraíso de aventureiros que vão aventurar os votos dos joaninos e nunca mais aparecem por lá, depois da eleição... Até o sabidão do meio ambiente, que foi secretário  de Zé Reinaldo e Jackson, aportou por lá... Se soltar o amarelinho no primeiro beco, ele vira “neto” perdido... Cruz/Credo,Ote!!!... São João te esconjura!... Até o regueiro do umbral tá por lá e é o candidato da prefeita... Tem chiquinho, também... E apareceu até o brasinha... Também aquele, que toda eleição aparece como ponto de taxi da cidade, tá rodando por lá: é o marcelo do cajapió... Ele é primo do ex-prefeito, mas nada faz por lá... Te manca, marcelão... Assim é São João...  E todas as cidades onde há muita pobreza e ausência de políticas públicas... Os municípios pobres do Maranhão se transformam em paraíso do oportunismo eleitoral... Êta, Maranhãozão!!!... Até quando?!!!... Saravá, Caboclo
da Mata!...


O CURADOR NÃO ESTÁ NA CIDADE
O meu amigo Zé Pedro, Pai de Santo e Curador dos bons, lá de São João Batista, não estava na cidade. Falei com a filha dele. Soube que o meu amigo Zé Pedro está em São Luís tratando da saúde do corpo físico. Pelo menos, nesse fim de semana, ele ficou livre do batuque dos oportunistas que invadiram a cidade... Olha, amigo velho, carro de som de político espanta até Pai de Santo... Em São João, os oportunistas da eleição não estão respeitando os limites do som... Tem cobra indo pro mato, pra fugir da zoada... Jumento não aparece mais nas ruas da cidade; e nem carro de boi: é só carro de som... Êta, São João!...  Até quando?... Chiquitinho tá fazendo falta... Aliás, São João Batista é um município abandonado...  O único prefeito que realmente morava na cidade e fez alguma coisa foi Chiquitinho... No tempo de Chiquitinho havia desfile escolar na semana da Pátria. Era exemplo de patriotismo. Era o mais lindo desfile da baixada...  Hoje não tem.  O “último” foi no “último” ano que Chiquitinho foi prefeito... Depois de Chiquitinho, esse resto que chegou “depois”, e ainda pula por lá, só “faz de conta”... Eu sempre disse em São João: “Tudo o que São João tem hoje foi Chiquitinho que fez; o que não tem é porque Chiquitinho esqueceu de fazer...” . Fonte: Mhário Lincoln.

EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB 
O que você achou?

3 COMENTÁRIO:

  1. Chiquitinho foi o maior lider politico de São João Batista. Nunca na histório deste municipio terá outro igual.

    Parabéns a Agência SJB em ter entrado o ano assim

    ResponderExcluir
  2. Concordo Plenamente...

    Mas outros merecem destaque como Zequinha Soares, o vice prefeito Carlos Figueiredo, mas que não se igualam ao saudoso Chiquitinho

    Mario escreve muito bem

    ResponderExcluir
  3. Lembrei-me de uma frase que vi escrita num muro de uma casa.

    "Chiquitinho é fogo, o resto é fumaça"

    Li quando foram nos buscar no porto em uma brasilia se não me falha a memória era cinza ou esverdeada, era o unico carro da cidade...

    abraços, Fábio B. Figueiredo

    ResponderExcluir