17 de jul de 2012

PROGRAMA BOLSA VERDE BENEFICIA 147 PESSOAS EM SÃO JOÃO BATISTA

No ultimo sábado aconteceu uma solenidade com representantes do Governo Municipal, Estadual e Federal aqui em São João Batista. O encontro foi realizado no pátio da escola "Complexo Escolar José Maria de Araújo" e reuniu quase 200 pessoas. O evento foi sobre o Programa Bolsa Verde do Governo Federal.
Secretário de Administração
O Programa Bolsa Verde faz parte do Plano Brasil sem Miséria e seu nome oficial é Programa de Apoio à Conservação Ambiental. A lei que institui o Bolsa Verde é a Lei Nº 12.512/11, de 14 de outubro de 2011 – (convertida por meio da MP 535/11 – PLV 24/11) e o Decreto 7572 de 28 de setembro de 2011.
Presidente do Itermar Luis Alfredo
O Programa é coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e possui vários parceiros, entre eles a Prefeitura Municipal de São João Batista. A adesão ao programa já tinha sido anunciado pela prefeita Surama Soares, durantes as comemorações do aniversário da cidade.
Secretário de Meio Ambiente, Boaventura Soares
Na mesa de abertura estavam os secretários municipais Fonseca (Administração e Planejamento), Boaventura Soares (Agricultura, Produção e Meio Ambiente), e Chico de Lindoca (Comunicação e Articulação Política) e a assistente social da Secretaria Municipal de Assistência Social, Fátima, e técnicos das secretarias municipais.
Secretário de Articulação, Chico de Lindoca
Representando o governo do Maranhão estavam o presidente do Iterma ( Instituto de Colonização e Terras do Maranhão ), Luis Alfredo Fonseca e técnicos; e representando o Governo Federal estavam o superintendente da Secretaria do Patrimônio da União, Jorge Luiz Pinto e técnicos do Governo Federal.
Estas famílias receberão 300 reais por trimestre e este valor deve cair diretamente na conta do beneficiário da Bolsa Família. O Termo de Adesão ao Bolsa Verde ficará a cargo de cada Gestor Ambiental designado pelo Ministério do Meio Ambiente e caberá à gestão municipal do PBF realizar o cadastramento e a atualização cadastral das famílias situadas na região da Amazônia Legal para que estejam aptas a participarem do PBF entre outros programas sociais do Governo.
Os objetivos do Programa são: Incentivar a conservação dos ecossistemas, entendida como sua manutenção e uso sustentável, Promover a cidadania, Melhorar as condições de vida e elevar a renda população beneficiária; e Incentivar a participação de seus beneficiários em ações de capacitação ambiental, social, educacional, técnica e profissional.
Cerca de 147 famílias foram beneficiadas com o programa aqui em São João Batista. Durante a solenidade, a SPU entregou, também, quase 60 títulos de terras ás famílias.
Assessoria de Comunicação
O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário