16 de abr de 2012

NOTAS RÁPIDAS

NA COMARCA

O juiz Alexandre Moreira Lima assumiu, em fim, a Comarca de São João Batista, na ultima terça-feira. Mas a cidade continua sem delegado e sem promotor. O magistrado deve realizar seus primeiros trabalhos nesta semana, quando fará uma análise sobre a correição feita pela Odete Maria Pessoa Mota.

NA SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA

Continua sem definição, de quem de fato, vai assumir a pasta. A ex-secretária Cristina Figueiredo deixou o cargo no dia 07 cumprindo a determinação eleitoral para poder, assim, ser candidata a vereadora nas eleições de outubro. A mais cotada pra assumir a pasta é Mayara Pinheiro.

ELEIÇÕES 2012 I

O PT pode coligar com o PMDB, partido do atual vice-prefeito de São João Batista Carlos Figueiredo. A informação ainda não foi confirmada.

NO ACRÍSIO FIGUEIREDO

A direção da escola realizou na ultima sexta-feira a segunda calourada com os alunos daquela instituição. Os alunos participantes eram jovens do período vespertino. Musicas, Danças e outras manifestações culturais foram apresentadas no pátio das escola. As fotos estão disponíveis na Página do Blog no Facebook.

ELEIÇÕES 2012 II

O comunista Washington Cutrim visitou vários povoados no período da Semana Santa. Acompanhado dos seus articuladores, Murilo Corrêa e Toninho Soares, o pré-candidato visitou cerca de cinco povoados articulando a sua pré-candidatura.

ESCOLA SERÁ MUNICIPALIZADA

A secretária de educação, Cleana Santos Jacinto, participará amanhã de um encontro em Santa Inês, onde deve assinar a municipalização de uma escola aqui de São João Batista. Ainda esta semana mais detalhes.

ELEIÇÕES 2012 III

Continua a dúvida sobre quem será o companheiro de chapa da atual prefeita de São João Batista, Surama Soares. Os mais cotados, até agora são os vereadores Rui Serra e Mecinho. Isso por que, até agora, os dois outros pré-candidatos, que devem fortalecer o grupo, ainda não selaram união. Pelo menos publicamente.

TERROR

São João Batista está uma cidade sem lei. Esta semana, a coordenadora do Peti, Joana Arouche, foi abordada por dois homens perto do antigo Grêmio Recreativo. Joana precisou gritar para que os homens, ainda desconhecidos, parassem de persegui-la.

EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB
O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário