30 de abr de 2012

BLOGUEIRO DIZ QUE PROFESSORA PERDEU BEBÊ POR FALTA DE ATENDIMENTO MÉDICO


Do Blog do Luis Cardoso
Vice-prefeito Carlos Figueiredo
A situação da saúde na cidade de São João Batista é lamentável. No último dia 21, a professora Genilse Alves Sousa perdeu seu filho após passar três dias em trabalho de parto aguardando atendimento na Unidade Mista de Saúde José Maria Santos Jacinto.
O centro cirúrgico foi interditado pela Vigilância Sanitária e a unidade não possui medicamentos já há um bom tempo. A Secretraria de Saúde e a Prefeitura não tomaram nenhuma providência para resolver o problema. Enquanto isso a população precisa procurar atendimento em cidades vizinhas.
A situação se torna ainda pior porque o marido da prefeita Surama Soares é médico e nem assim a administração municipal resolve o problema da saúde na cidade.
A única pessoa que se compadeceu do sofrimento da professora foi o vice-prefeito, Carlos Figueiredo que acionou um helicóptero para trazer Genilse para São Luís. Ela foi internada na Maternidade Marly Sarney, onde se recupera.
Os recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) são repassados mensalmente e mesmo assim a saúde no município está praticamente inexistente. A situação é preocupante, a população denuncia inclusive, que os animais são abatidos na rua, já que o matadouro também está sem condições de uso.

EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA
O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário