13 de abr de 2012

FAZENDA JOANINA É DESTAQUE EM BLOG DO JORNAL PEQUENO

Que absurdo, uma fazenda localizada as margens da BR, no município de São João Batista, está cercada com rede elétrica, em quase toda área, porém, não se tem conhecimento se a colocação da mesma segue aos padrões legais da Justiça.
Segundo populares, a propriedade pertence ao advogado José Ribamar, que reside em São Luís. Com poucas placas de advertência indicando perigo, nos lugares visíveis como manda a lei, muitas pessoas já foram vítimas de choques elétricos com alta voltagem no lugar.
Imagem Ilustrativa 
A situação é perigosa, principalmente quando pessoas desavisadas tentam tocar na cerca sem saber que a mesma está energizada. A última vítima foi o jovem Nivaldo, morador daquela região, que sem saber levou uma descarga elétrica e por pouco não foi a óbito.
Tamanha segurança tem preocupado moradores e pais de alunos, pois frequentemente seus filhos que vão para a escola precisam passar pelo caminho onde estão localizadas as cercas elétricas. A informação deste caso foi feita por uma vítima que reside em São Luís, à mesma teria ido passar o feriado de páscoa na cidade de São João Batista, e ao encostar-se à cerca da fazenda, levou uma descarga de aproximadamente 220 wolts, e por sorte não foi eletrocutada. Revoltada, resolveu denunciar o absurdo que sofreu naquele município, porém as autoridades da região e do estado sequer tomaram conhecimento do caso.
Portanto, cabe às autoridades agora verificarem este problema de perto, caso contrário, a qualquer momento poderá ocorrer uma tragédia em escala maior em São João Batista, em função desta cerca elétrica. Quanto ao proprietário da fazenda, o jurista, vale ressaltar que aqui fica o espaço para que ele possa explicar o motivo maior que o levou a instalar em sua propriedade grandes extensões em cerca elétrica. Fonte: AQUI .


EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB
O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário