11 de mar de 2012

ASSIM ESCREVEU JERSAN ARAÚJO

FICHA SUJA

Zequinha Soares
Em São João Batista consta na relação do TCE como inelegível Por prestações de contas rejeitadas os ex-prefeitos Antonio Figueiredo e Zequinha Soares e os ex- presidentes da Câmara Municipal Adó, Eduardo Gomes e Edvilson Mota. Zequinha Soares, além de prestação de contas rejeitadas, durante o seu último mandato respondeu a 12 ações civis públicas e um processo por não ter prestado contas de um convênio com o governo federal que lhe custou a condenação de devolver os recursos correspondentes não aplicados.
Na eleição de 2008, impedido de ser candidato, apresentou a esposa Surama como candidata à Prefeitura, perdeu por mais de mil votos de diferença para o eleito Eduardo Dominici. Em 20010 ela ganhou no tapetão e hoje, na prefeitura, segue a orientação do marido, médico do PSF, no segundo colégio eleitoral do município – Olinda dos Aranha – fazendo campanha aberta em favor de Surama, desafiando a Justiça Eleitoral, que a colocou no cargo.

DECISÃO DE EDUARDO

Eduardo
Considerado a maior liderança política do município, constatado em pesquisas, o ex-prefeito Eduardo Dominici comanda o grupo de oposição que tem vários pré-candidatos. No momento, segundo observadores, embora Washington Cotrim (PCdoB) conte com o apoio de alguns vereadores, que garante apoiar o candidato indicado por Dominici, Amarildo Pinheiro, em termos populares se destaca por ser mais conhecido e por ter disputado duas eleições e obtido votações significantes e expressivas.
Na primeira vitória de Eduardo Dominici, em 2004, a esposa de Amarildo, Dona Irê, elegeu-se vice-prefeita. Dominici deverá, a partir de agora, avaliar o desempenho de cada postulante e decidir, em breve, a quem ele e o grupo que lidera, vão apoiar. Esse anúncio está sendo aguardado com muita expectativa pela população joanina.


EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB
O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário