23 de jan de 2012

POUCAS E BOAS DO BATISTA AZEVEDO

Até que enfim os contratados

Depois de ficar em maus lençóis com os professores contratados, a Prefeita Surama Soares finalmente atendeu aos apelos e autorizou o pagamento de um abono, ou “cala-boca” aos “temporários barnabés” da educação municipal. Muito distante do que receberam os efetivos, que lavaram a burra com mais de 7 mil reais por matrícula, os contratados foram agraciados com minguados 400 reais. Muito menos do que certamente ganham, ou seja, um salário mínimo.
Alguns gananciosos, no entanto se perguntaram. Teria saído esse dinheiro ainda da sobra do FUNDEB?


Duas perguntas...
1ª)  Se os recursos financeiros que pagam os professores da Educação Básica, sejam contratados ou efetivos, saem dos 60% do FUNDEB, por que todos os professores (contratados e efetivos) não recebem o abono do FUNDEB?
2ª) Se sobram recursos dos 60% do FUNDEB, que são destinados a pagamento de professores, por que a Prefeitura não agiliza e implanta um novo Plano de Cargos, Carreira e Salários?
Quem souber que responda!


Botando pra chegar
Todos os pré-candidatos a prefeito pelo lado da oposição intensificaram suas caminhadas em busca de se consolidarem como candidato oficial. O pré-candidato Amarildo Pinheiro tem marcado presença constante nas comunidades e povoados de São João Batista. Ao lado de outros pré-candidatos como Washington Cutrim, Luiz Everton, Wilamme Barros e Carlos Figueiredo, o Dr. Amarildo, como é conhecido, espera ser o candidato escolhido pelo grupo do ex-prefeito Eduardo Dominice.
Muitos analistas políticos afirmam que se o grupo se mantiver coeso e unido poderá vencer as eleições, uma vem que, segundo esses mesmos analistas, é fraca a administração de Surama Soares.

Onde estão os carros?

Causou grande repercussão a dinheirama gasta pela Prefeitura de São João Batista com aluguéis de carros e compra de combustível no ano passado. Mesmo com todo esse gasto, o Hospital Municipal não dispõe de nenhum carro de apoio, para transportar pacientes, quando da ausência da ambulância. Os secretários municipais também chiam pra valer pela ausência de transporte para o desempenho de suas funções. O triste de tudo isso é saber que a frota oficial é quase zero. Muito diferente de outros tempos, em que a Prefeitura tinha caçambas, caminhão, tratores, etc.
Alguns críticos desconfiam de um “ralo”, que pode estar regando outros jardins.

Justiça seja feita

É mais do que justa e na hora certa, a homenagem que o Dr. Luiz Figueiredoquer fazer ao seu pai, o saudoso Deputado e ex-Prefeito Francisco Figueiredo, o Chiquitinho. Entretanto sabe-se que o ex-prefeito Dr. Zequinha Soares em sua última administração quis homenagear o grande líder político Francisco Figueiredo, dando seu nome ao Centro de Convenções e Informática. Esta sugestão, de nossa iniciativa e tão bem acatada pelo então prefeito, fora formalmente feita aos familiares de Chiquitinho, que declinaram de tal homenagem por razões particulares.
Na época, em carta, os familiares agradeceram a possibilidade da homenagem. Entendemos que qualquer homenagem ao velho Chiquitinho Figueiredo, em qualquer tempo será muito bem vinda.


EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB
O que você achou?