31 de jan de 2012

BOMBA: ADVOGADO DE CONCURSADOS DIZ QUE PODE PEDIR INTERVENÇÃO EM SÃO JOÃO BATISTA

 A Equipe de Reportagem do Blog entrou em contato com o advogado dos concursados aqui em São João Batista, Abdon Marinho. O ultimo concurso público realizado na cidade foi em abril de 2010, pela administração do ex-prefeito Eduardo Dominici e anulado por um decreto da atual gestora, Surama Soares, alegando ter indícios de irregularidades na execução do certame.
Prefeita Surama  Soares e advogado Abdon Marinho
Desde então cerca de 70 concursados travam na justiça uma verdadeira batalha judicial contra a decisão da prefeita. Para o concurso foram aprovados quase 200 pessoas nas áreas de educação, serviços gerais, enfermagem e auxiliares administrativos. Mas menos de 100 entraram na justiça contra o decreto número 11/2010 que determinou a anulação do concurso.
Hoje pela manhã o Blog conversou com o advogado dos concursados, Abdon Marinho que defende, desde o começo, os aprovados na justiça. O advogado disse que ainda espera que a prefeita, Surama Soares, empossem os aprovados neste ano. "Estamos esperando a prefeita empossar os aprovados, até por que ela já perdeu em todas as instâncias", disse Abdon Marinho.
O Blog voltou a perguntar como está o processo na justiça, o advogado afirmou que pode pedir intervenção na cidade. "Já estou pensando em pedir intervenção no município", completou Abdon Marinho. Abdon Marinho é um dos melhores advogados do estado do Maranhão, mas do outro lado está, também um dos melhores do estado, Daniel Leite, que assessora juridicamente a prefeita.
De acordo com a prefeita Surama Soares, há muitos indícios de irregularidades na execução do Concurso Público da Prefeitura Municipal de São João Batista. Três destes, segundo a gestora, seria a não existência de nenhum documento que comprove que o concurso existiu, as suspeitas de fraudes em outros certames realizados pela LJ Concursos, empresa responsável pela execução aqui na cidade, e a suspeita de fraudes nas inscrições de candidatos.
Assim que o concurso foi anulado, foi criada uma Comissão de Aprovados, que em meados de 2010 chegou a conversar com a gestora, onde segundo a comissão, ela teria se comprometido a rever a situação e deveria conversar com sua assessoria jurídica. Mas deste então, não há informações de que outros diálogos tenham acontecido entre gestão e comissão. O Blog ainda deve conversar com a prefeita para comentar a declaração do advogado.

EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB
O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário