16 de mar de 2011

PREFEITA DIZ PORQUE ANULOU O CONCURSO

Prefeita Surama Soares
A Equipe de Reportagem deste blog entrou em contato com a prefeita Surama Soares para saber informações sobre o concurso público realizado na administração passada e que a mesma cancelou em seus primeiros dias como gestora da cidade de São João Batista.
O concurso foi anulado por um decreto assinado pela prefeita. Segundo Surama Soares o concurso foi cancelado, mas afirmou que deverá fazer um novo concurso público. Perguntada sobre a possibilidade dos aprovados ganharem na justiça, a prefeita declarou que todos os aprovados tem esse direito, mas que não vai alterar em nada, já que, segundo ela, os aprovados não serão empossados e que a causa já está ganha.
Perguntada sobre os motivos que levaram a administração a anular o concurso, a prefeita Surama Soares disse que o primeiro motivo foi pelo fato de a empresa LJ Concursos ser suspeita de irregularidades em outros concursos. "Todo concurso, quando é feito, o dinheiro das inscrições são depositadas diretamente em uma conta, fato que não ocorreu neste concurso. O dinheiro das inscrições era dado para as pessoas de lá mesmo", declarou Surama Soares.
Segundo os agravos constantes que os 21 aprovados no concurso público e que entraram na justiça estão ganhando, o qual nossa equipe teve acesso, diz: "a existência de 'informações extraoficiais' de que a empresa L.J.Assessoria, Consultoria & Planejamento Administrativo Ltda.ME, responsável pela realização do certame, 'teve sua atividade publicamente questionada em virtude de irregularidades em outros concursos públicos promovidos por ela, sobretudo nos Municípios de Raposa e Buriticupu'.
Outro motivo, que segundo a prefeita, levou a anulação do concurso foi a inexistência de documentos, referentes ao processo de abertura do concurso. "o fato de a administração anterior não ter transferido para a atual 'qualquer documentação referente à abertura de concurso e homologação de seu resultado, o que permite a realização de fraudes, prejudicando os candidatos devidamente inscritos', afirmou a administração no documento que anula o concurso público.
No ultimo dia 10, os  aprovados que entraram na justiça pedindo a posse imediata dos  quase 200 aprovados, ganharam mais um agravo no Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão. A juiza da Comarca de São João Batista deverá julgar, a qualquer momento, a causa. Mais informações no Twitter da Agência de São João Batista- @agenciasjb .

EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB
O que você achou?

9 COMENTÁRIO:

  1. Caros leitores deste blog é com imensa tristeza e decepção que leio as declarações feitas pela atual prefeita do nosso município,referente ao concurso público realizado ano passado.Não entendo como a prefeita afirma que a causa já está ganha,sendo que a juíza responsável pelo caso ainda não se pronunciou quanto a sua decisão.Isto demonstra a prepotência e soberania da atual gestão.A verdade é que a prefeita não quer empossar os concursados,pois é muito mais proveitoso para ela contratar,conquistando assim muitos votos com tal contratação.Cabe ressaltar que muitos desses contratados,se quer têm o ensino médio completo,principalmente na área da educação;isto já foi comprovado ano passado,quando presenciamos muitos professores em sala de aula que haviam acabado de concluir o ensino médio.Será que a prefeita está preocupada com a educação dos nosssos filhos?Deixando-os nas mãos de profisssionais sem qualquer formação?É assim que quer "reconstruir" nosso município?Será que é justo negar o direito de quem foi aprovado em um concurso por mérito próprio?Negar só porque muitos do seu "grupinho"não tiveram capacidade suficiente para serem aprovados?Portanto,peço a população que reflita sobre esses questionamentos e não permita que outro concurso seja realizado,pois a lista de aprovados já está em construção e mais uma vez seremos lesados e privados dos nossos diteitos.Muito obrigada!!

    ResponderExcluir
  2. Gestores têm contas desaprovadas pelo TCE
    Envie para:
    16 de março de 2011 às 16:38
    Índice Texto Anterior | Próximo Texto
    A sessão plenária de hoje, 16/03, realizada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), resultou na desaprovação das contas apresentadas pelos seguintes gestores públicos: Agenor Almeida Filho (Mirinzal/2002), com multas de R$ 49.225,00 e débito de R$ 119.126,48); Francisco Valbert Ferreira de Queiroz (Itinga do Maranhão2007), com multas de R$ 265.417,00 e débito de R$ 5.133.886,00; José Lopes Pereira (Estreito/2005), com multas de R$ 63.799,00 e débito de R$ 213.999,84; José Mário Alves de Souza (São João dos Patos/2007); José Ribamar Ferreira Soares (São João Batista/2001), com multas de R$ 20.680,00 e débito de R$ 78.400,00; José Wilson de Oliveira (São Roberto/2008), com multas de R$ 231.458,00 e Raimundo Freire Cutrim (Olinda Nova do Maranhão/2007), com multas de R$ 8.000,0.

    Entre as Câmaras Municipais, foram julgadas irregulares as contas de Benedito Torres Salazar (Estreito/2008), com multas de R$ 17.950,00 e débito de R4 2.000,00; Edvaldo Chagas (Turilândia/2006), com multas de R$ 45.657,00 e débito de R$ 74.634,96; Francisca Rosa Pereira Freitas (Trizidela do Vale/2007), com multas de R$ 18.052,89; Gil Jorge Nascimento Aragão (Santa Luzia do Paruá/2006), com multas de R4 10.202,24 e débito de R$ 30.111,00; José de Ribamar Rêgo Ribeiro (Nova Colinas/2007), com multa de R4 3.097,78 e Luís Rolindo da Costa (São Domingos do Maranhão/2006).

    TCE-MA

    ResponderExcluir
  3. Quanta bobagem falada pela atual gestora, que tristeza saber que essa é a atual prefeita do nosso município, mas, falando assim "só pode que ela comprou a justiça", agora vcs tem que dizer a ela que não é um juiz que julgará, mas, sim uma juíza, que trabalha com muito empenho e seriedade e acima de tudo imparcialidade, "portanto Senhora Prefeita não tem como tomar dos CONCURSADOS no TAPETÃO! como costuma fazer.

    Movimento, Avante São João Batista!

    Solidário aos concursados.

    ResponderExcluir
  4. A MINISTRA E DESEMBARGADORA SURAMA SOARES,já cancelou o concurso realizado em 2009,agora vai desmentir o TCE que condenou seu marido por desvio do denheiro público, ele é o seu professor,a prefeita fez o seguinte comentário com dinheiro eu faça a minha justiça aqui em SÃO JOÃO BATISTA AGORA EU SOU A lei.

    ResponderExcluir
  5. Além de não saber nada do que esta falando, ela pensa que pode cometer todas as irregularidades possíveis e assim mesmo ter a o aval da Justiça.
    "As coisas mudaram meu amor!"

    ResponderExcluir
  6. Mesmo em São Luis, mas sempre acompanho pela Agencia as noticias da minha bela cidade.
    Essa foi linda "MINISTRA DESEMBARGADORA"
    E não é qualquer coisa, deve ser da Suprema Corte!
    Ela deveria também aprovar as contas do marido dela, Seu Zequinha, que é corrupto, "e quem sou eu pra dizer isso, quem disse foi o TCE (Tribunal de Contas do Estado).

    Joanino Indignado

    ResponderExcluir
  7. O Sonho de voltar pra casa
    Sou Joanino de coração e alma, mais quanto custa ser joanino hoje, essa Srª. (Vossa Majestade a "Prefeita") está acabando com esperança que tínhamos de ter uma vida melhor, moro em São Luís, mais como nunca me acostumei a viver em cidade grande, queria voltar ... Quando recebi a noticia de que iria ter Concurso Público na minha cidade natal, fiquei entusiasmado com a possibilidade de enfim retornar a minha querida cidade “meu lar”, estudei muito, fiz o concurso e passei, e agora aguardo ansiosamente pelo desfecho desse episódio, triste pra quem estudou tanto pra alcançar seus objetivos.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  9. Pensei em fazer um comentário, mas... com essa aí,
    não perco meu tempo!

    JOANINO MAIS INDIGNADO AINDA!

    ResponderExcluir