14 de mar de 2011

TSUNAMI EM SÃO JOÃO BATISTA: PALAVRAS DE CESAR BELLO

Depois da reportagem que nós da Agência de Comunicação Educativa de São João Batista fizemos, a respeito do Concurso Público, feito na administração passada, vários blogueiros e jornalistas publicaram em seus blogs, matérias sobre a situação dos joaninos.
O jornalista Cesar Bello, foi mais longe. Em seu blog , o jornalista Cesar Bello chamou a situação de Tsunami. Confira a postagem.
"

TSUNAMI NO MARANHÃO: PREFEITURA DE S. JOÃO BATISTA ENTRA NA ONDA


O Governo de Roseana Sarney por Medida Provisória instituiu a contratação sem a necessidade de Concurso Público. A onda se alastra tal qual tsunami pelo interior do Maranhão. O rastro de destruição inicialmente só poderá ser avaliado após as próximas eleições municipais em 2012.

Como as contratações podem se prorrogar por mais dois anos, somente depois das eleições de 2014 para o Governador, Deputados Estaduais, Federais e Senador, o furação poderá apresentar resultados definitivos da sanha administrativa destruidora.

O Município de São João Batista localizado na Baixada Maranhense foi atingido na semana passada pelo tsunami das contratações sem concurso. A prefeita Surama Soares no seu primeiro Projeto enviado a Câmara de Vereadores em 2011 faz cópia da Medida Provisória do Governo do Estado.

Com embasamento jurídico pautado no inciso IX do artigo 19 da Constituição Estadual, Lei Orgânica do Município, Organizações "Joaquinas" favoráveis e "Marcelinas" contrárias os vereadores discutiram a contratação sem a necessidade do concurso público.

Os vereadores Cabeça(PV), Mecinho (PR) e Bitinho Batata(PV) orientados pelas "Organizações Joaquinas" e a bancada do "Meu Pirão Primeiro" Rui Serra(Presidente da Câmara), Uirá Dominici e Edvilson Mota posicionaram-se a favor do Projeto que favorece aos apadrinhados.

Os vereadores Raimundo Machado (PDT), Louro (PPS) e Junior de Fabrício (PPS) de orientação "Marcelina" firmaram posição contra o Projeto que prejudica os concursados.

O Presidente da Câmara só não bateu o martelo aprovando o Projeto Tsunami, por erro do Executivo Municipal na Redação do Projeto, que deverá voltar para aprovação no Plenário da Câmara Municipal de São João Batista.

Como a "onda" já pegou é aguardar os resultados da destruição.

Mais e detalhadas informações no Blog Agencia de Comunicação de São João Batista-Ma. (www.agenciasjb. blogspot.com)." Blogueiro Cesar Bello.

EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB
O que você achou?

3 COMENTÁRIO:

  1. Pela primeira vez um concurso em São João Batista foi realizado da forma mais séria possível.É uma vergonha a prefeitura não querer reconhecer isso.Mas todo mundo sabe dos concursos realizados por seu marido nos anos de 97 e 2001, onde colocaram "pela janela" um grande contingente de pessoas que hoje compõem a maioria do quadro de funcionários públicos municipais, e que segundo noticia extra-oficial, a prefeita pretendia anular o concurso e realizar um outro para repetir a manobra do seu marido nos anos mencionados a cima,só que esqueceram de dizer a ela que os anos são outros, as pessoas são outras, a justiça é outra e a Juíza é outra.

    ResponderExcluir
  2. A PREFEITA DE SÃO JOÃO BATISTA FOI MAIS ALÉM, NÃO CONTRATA SEM CONCURSO COMO TENTA ANULAR O ÚNICO LEGÍTIMO JÁ REALIZADO POR ESTAS BANDAS E POR ULTIMO COM UMA MAOBRA POLITICA "PEGA A PRANCHA, PASSA A PARAFINA, ENTRA NO TUBO, SOBE NA CRISTA DA GRANA, OPA! DA ONDA" E VAI COMEÇAR O ANO LETIVO SEM CONTRATAR UMA DUPLA INCONSTITUCIONALIDADE, COISA DE "KELLY SLATER" MEU FILHO!

    ResponderExcluir
  3. Em breve será baixado um decreto anulando o diploma de "prefeita".
    quem viver verá!

    ResponderExcluir