12 de mar de 2011

TEXTO DE IRAMAR BARROS: COMO FOI O CARNAVAL DE SÃO JOÃO BATISTA

Este ano começamos  reclamando da Policia Rodoviária Federal, por causa de sua inoperância ficamos presos no campo de perizes, por quase três horas onde os carros travaram uma batalha de ultrapassagem pela contramão e pelo  acostamento, sendo assim nossa viagem em vez de durar quatro horas terminou em média com sete ou oito. 
Desde lá, já viamos a movimentação dos amigos que de carro, de ônibus, de vans e até de motos estavamos ansiosos para chegar em nossa terrinha. Chegando lá, a alegria já tomava conta da cidade, carros de som por todos os lados soltando os hits que embalaram o carnaval deste ano, animando as esquinas e bares já que o volume estava liberado a toda altura.
Os blocos com abadas não tiveram  aquele montão  de gente, como nos anos anteriores, mas vamos destacar alguns, "carro velho", contava com um bom grupo musical, "raspe o piriquito dela" com Lelio passando por ser um bom animador,"caçadores de cerveja" com a irreverência de sempre e o "arrastão da piracema" que mereceu ter o maior número de brincantes, pois animou os joaninos por vários finais de semana no pré-carnaval. 
Os blocos tradicionais como o Salgueiro apresentando a sua turma mesmo com o nosso querido Bigurrilho que emocionou a todos armando suas pudicas, estando com problemas de saúde, a novidade deste ano foi a Mangueira que surgiu das cinzas e com todo gás.
Comandada por Ascensinho e Adelson desfilou os sambas dos antigos carnavais mostrando a criatividade e o talento dos compositores joaninos, apresentando Celio que com memória de computador cantava sambas até da década de 60. A Praça de Eventos foi um show a parte , as bandas animaram os quatro dias com um excelente som e palco, os banheiros químicos infelizmente entraram em colapso pelo grande número de foliôes, no próximo ano é bom pelo menos dobrar a quantidade e os camarotes nas residencias ao redor da praça mudaram a paisagem daquele lugar.
E assim foi o carnaval de São João Batista com muita paz e  alegria mostrou aos que não puderam ou não quiseram ir que é o melhor carnaval do Brasil, segundo os joaninos apaixonados. Um carnaval que não pertence a "a", "b" ou "c" e sim aos que todos os anos se deslocam pra nossa cidade a fim de diversão. Como disse Mário, filho de Batistinha, mesmo ganhando passagens para Rio de Janeiro e Salvador preferiu  e ir pra São João Batista. Pelo jeito valeu não se arrependeu!  abracos aos joaninos.

Texto enviado por Iramar Barros. Nossa equipe agradece a todos que enviam seus textos para este blog. Contamos com a participação de todos para fazer deste blog, um espaço de discussão de uma Comunicação Educativa. Mais informações no Twitter da Agência - @agenciasjb .

EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB
O que você achou?

0 COMENTÁRIO:

Postar um comentário